COI relutantemente aceita reforma na pista de bobsled abandonada em Cortina para os Jogos de 2026 - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

COI relutantemente aceita reforma na pista de bobsled abandonada em Cortina para os Jogos de 2026

Compartilhe


O Comitê Olímpico Internacional (COI) aceitou relutantemente reformar a pista abandonada de bobsled de Cortina d'Ampezzo (ITA), desde que o dinheiro venha de fora do orçamento dos Jogos de 2026.


A pista, construída em 1923 e batizada de Eugenio Monti (ITA), detentor de dois ouros olímpicos e nove títulos mundiais no bobsled, foi fechada em 2008 em virtude de altos custos para a sua manutenção.


Ao invés de reformar a pista, o COI sugeriu que o comitê organizador utilizasse uma pista na Suíça (St.Moritz) ou Áustria (Igls) como local de disputa do bobsled, luge e skeleton em 2026. Entretanto, elas não foram aceitas pelo comitê.


De acordo com o COI, a reforma da pista seria parte de uma criação de um parque temático e que qualquer decisão relacionada a ela deve ser feita pela região de Veneto, local onde fica Cortina. A pista seria "emprestada" para o comitê utilizar durante os Jogos Olímpicos.


Sobre a questão da patinação de velocidade ser realizada em uma pista a céu aberto em Baselga di Piné (ITA), não foi tomada nenhuma decisão.


Foto: AP/Gabriel Facciotti




Nenhum comentário:

Postar um comentário