Presidente sul-coreano espera que Tóquio 2020 traga oportunidade para diálogos entre a Coreia do Sul e a Coreia do Norte - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Presidente sul-coreano espera que Tóquio 2020 traga oportunidade para diálogos entre a Coreia do Sul e a Coreia do Norte

Compartilhe

O presidente sul-coreano, Moon Jae-in, expressou esperança de que os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 sejam uma oportunidade de diálogo com a Coreia do Norte.


Moon fez os comentários durante um discurso para celebrar o Dia do Movimento pela Independência, que marca uma das primeiras exibições públicas da resistência coreana durante a ocupação japonesa. O protesto contra o domínio japonês em 1º de março de 1919 não teve sucesso, mas acabou sendo um catalisador para a independência futura. 


Moon discutiu os próximos Jogos Olímpicos no Japão e revelou esperança de que poderia ser um veículo para conversas entre a Coreia do Norte e vários países. 


"A Coréia e o Japão estão caminhando juntos olhando simultaneamente para o passado e o futuro. Os Jogos Olímpicos de Tóquio programados para este ano podem servir como uma oportunidade para o diálogo entre a Coreia e o Japão, Coreia do Sul e do Norte, Coreia do Norte e Japão e Coreia do Norte e os Estados Unidos. A Coréia trabalhará junto com o Japão para o sucesso das Olimpíadas", disse Moon.


Os Jogos Olímpicos serviram anteriormente como um ímpeto para melhorar os laços intercoreanos. Uma equipe unificada da Coréia do Norte e do Sul participou do torneio feminino de hóquei no gelo nos Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang 2018 e os dois países marcharam juntos nas cerimônias de abertura e encerramento.


Uma delegação de alto nível liderada por Kim Yo-jong, irmã do líder norte-coreano, também visitou Pyeongchang. A visita abriu o caminho para uma cúpula intercoreana em abril de 2018, a primeira de três cúpulas entre Moon e o líder norte-coreano Kim Jong-un naquele ano.


Houve sérias discussões entre Seul e Pyongyang sobre o lançamento de uma candidatura conjunta para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2032, mas as negociações pararam devido ao aumento das tensões entre os dois países. As propostas para a Copa do Mundo Feminina da FIFA de 2023 e a Copa do Mundo da FIFA de 2030 fracassaram pelo mesmo motivo.


A Coreia do Sul propôs oficialmente a realização dos Jogos Olímpicos da Juventude de Inverno de 2024 junto com a Coreia do Norte em novembro, mas não se sabe se o convite foi aceito. A relação da Coreia do Norte com o Japão e os EUA também tem sido tensa, mas os Jogos têm sido apontados como uma oportunidade para negociações entre os três países. 


No mês passado, o primeiro-ministro japonês Yoshihide Suga falou sobre o desejo de manter conversas com altos funcionários norte-coreanos em Tóquio 2020, enquanto ele busca um acordo diplomático sobre o sequestro de cidadãos japoneses. Suga também expressou sua vontade de se encontrar com Kim Jong-un pessoalmente "sem pré-condições" em Tóquio. 


Os atletas norte-coreanos devem competir em Tóquio 2020, enquanto se fala em unir forças com concorrentes sul-coreanos para formar times de basquete feminino, canoagem e remo.  

 

Foto: Issei Kato/Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário