Ícaro Miguel e Milena Titoneli sobem ao pódio no Aberto de Sofia de Taekwondo - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Ícaro Miguel e Milena Titoneli sobem ao pódio no Aberto de Sofia de Taekwondo

Compartilhe
ícaro miguel milena titoneli taekwondo brasil

*Com Mateus Nagime

O domingo foi de medalhas para o taekwondo brasileiro no Aberto de Sofia, primeira competição da temporada. Cinco brasileiros participaram da competição na capital da Bulgária: Netinho, Henrique Precioso e Gabriel Campolina caíram na primeira rodada e Ícaro Miguel e Milena Titoneli fizeram jus à suas condições de principais favoritos e subiram ao pódio. Ícaro chegou à final mas terminou com a prata enquanto Milena levou o bronze.


Cabeça de chave número 1 da categoria até 87kg, Ícaro estreou com vitória tranquila sobre o alemão Cem Unlusoy, por 15 a 3. Nas quartas de final, ele passou pelo sérvio Milos Golubovic em um combate apertado, que terminou em 9 a 9 e só foi decidido com um chute no capacete no golden score.


Já com o pódio garantido, o brasileiro teve o jordaniano Anas Sadek pela frente na semifinal. O árabe o derrotava quando foi obrigado a abandonar o combate no último round por lesão, classificando Ícaro para a final. Na decisão, encarou o espanhol Daniel Ros Gomez, cabeça 2, e perdeu por 7 a 5, levando a medalha de prata. Vale lembrar que Ícaro será um dos três representantes brasileiros do taekwondo em Tóquio 2020.


Milena Titoneli, segunda atleta mais bem ranqueada da categoria até 67kg, estreou contra a haitiana Aliyah Shipman, que, assim como a brasileira, estará presente nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Após dois rounds muito apertados, Milena conseguiu deslanchar na reta final de combate e, com duas pontuações na cabeça seguidas, abriu larga vantagem para fechar em 19 a 9.


Logo em seguida, venceu a alemã Vanessa Koerndl, 25ª colocada do ranking mundial, por 16 a 13, garantindo mais uma medalha para o Brasil no torneio. Na semifinal, ela perdeu para Julyana Al-Sadeq, da Jordânia, por 13 a 4, e ficou com o bronze


Também olímpico, Edival Marques, o Netinho, foi eliminado logo em sua estreia. Cabeça de chave número 2 da categoria até 68kg, ele perdeu para o alemão Imran Özkaya por 16 a 15, depois de sofrer uma virada nos últimos segundos de luta. O adversário é somente o 703º colocado do ranking olímpico da categoria, enquanto o brasileiro é o sétimo.


Outro cabeça de chave brasileiro eliminado na estreia foi Henrique Precioso. Quarto melhor ranqueado da categoria até 74kg, ele perdeu por disparidade técnica para o bósnio Nedzad Husic, com placar de 23 a 3 ainda no segundo round. Gabriel Campolina, o 'Mussum' (68kg), também foi derrotado em sua primeira luta, pelo polonês Lukasz Cudnoch, por 4 a 0. Talisca Reis, que ainda se recupera de uma lesão, não competiu apesar de ter aparecido na lista de inscrição. 


Foto: Reprodução / Instagram Milena Titoneli

Nenhum comentário:

Postar um comentário