Golfista Adilson da Silva perde duas posições na ‘peculiar’ terceira rodada do Serengeti Pro-Am - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Golfista Adilson da Silva perde duas posições na ‘peculiar’ terceira rodada do Serengeti Pro-Am

Compartilhe

A terceira rodada do Serengeti Pro-Am Invitational, disputada nesta sexta-feira (26), ficou marcada por um desafio ‘peculiar’. Os 52 melhores golfistas nas duas primeiras voltas foram ao campo Whistling Thorn, que tem par 3 em todos os 18 buracos. Quem também esteve por lá foi o brasileiro Adilson da Silva, que não teve uma boa atuação, caindo da 18ª para a 20ª colocação na tabela geral do evento. 

Adilson concluiu o percurso diferenciado, de par 54, com 56 tacadas. Ele efetuou dois birdies (buracos 1 e 12), mas sucumbiu no trajeto para os buracos 13 e 15, onde cometeu dois bogeys duplos. 

A soma dos desempenhos nas três rodadas disputadas (71-69-56) rendeu ao brasileiro um empate no 20º lugar com outros oito golfistas, todos com 196 tacadas, duas abaixo da previsão. 

Agora Adilson aparece nove tacadas atrás do líder do campeonato, o sul-africano MJ Viljoen, que teve grande performance na terceira rodada. Ele disparou seis birdies e cometeu três bogeys, fechando o dia com 51 tacadas no percurso curto. Ele tem a primeira colocação, com -11. 

No entanto, Viljoen é seguido de perto por seu compatriota Jaco Prinsloo, que tem dez tacadas abaixo do par do campo nas três primeiras rodadas. 

No sábado (27), os golfistas voltam ao campo projetado pela lenda do golfe Jack Nicklaus, no Serengeti Estates. 

Foto: Tyrone Winfield/Sunshine Tour

Nenhum comentário:

Postar um comentário