Brasileiras caem na fase preliminar da Copa do Mundo de Espada e Nathalie Moellhausen conhece chave - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Brasileiras caem na fase preliminar da Copa do Mundo de Espada e Nathalie Moellhausen conhece chave

Compartilhe


Na manhã de sábado (20) aconteceu em Kazan, Rússia, a fase classificatória da Copa do Mundo de Espada feminina, em que 48 atletas se juntam às 16 melhores da modalidade para a disputa do quadro principal. Amanda Netto Simeão passou de fase, mas caiu para a argentina Isabel di Tella no T256, enquanto Marcela Silva ficou pelo caminho na fase de grupos. Nathalie Moellhausen, 2ª melhor do mundo, será portanto a única brasileira na disputa pelo título. 


Amanda Netto Simeão (107ª) conquistou duas vitórias na poule, classificando-se para a fase eliminatória. Ela venceu por 3 a 2 a israelense Eva Galper (391ª) e 5 a 3 a Aya Hussein (68ª juvenil), perdendo por 5 a 3 para a polonesa Martyna Swatowska (65ª). Graças a um bom jogo defensivo, conseguiu perder por placares baixos, o que foi determinante para sua classificação: por 3 a 2 para a italiana Beatrice Cagnin (176ª) e para a francesa Eloise Vanryssel (262ª), e impressionantes 1 a 0 para a ucraniana Yana Shemyakina (35ª).


Classificada direta para o T128 preliminar - mais conhecido como T256 - ela fez um embate acirrado diante da argentina Isabel di Tella, 57ª melhor do mundo. A ‘hermana’ chegou a abrir 6 a 3, mas Amanda se aproximou e ficou a um ponto do empate em 8 a 7 e 9 a 8, antes de ver a rival acelerar para a vitória e fechar em 15-11. A argentina venceu a húngara Buki Lili e está entre as 64 finalistas. Netto Simeão terminou em 142º lugar geral.


Marcela Silva (175ª) perdeu todos seus embates e terminou na 199ª colocação. Ela caiu para a canadense Leonora Mackinnon (36ª, 5 a 2), a japonesa Kuroki Yume (263ª, 3 a 2), a sul-coreana Shin Hyuna (sem ranking, 5 a 2), a sueca Emma Fransson (390ª, 5 a 3), a polonesa Magdalena Piekarska-Twardochel (110ª, 5 a 0) e a italiana Nicol Foietta (64ª).


Depois do surto de covid-19 que atingiu várias delegações que participaram da Copa do Mundo de Sabre em Budapeste impressiona que em Kazan muitos jogadores foram vistos com máscara cirúrgica em baixo da máscara de esgrima e não foram vistas nas centenas de fotos divulgadas pessoas pessoas sem máscara circulando perto das pistas.


Nathalie Moellhausen, cabeça 2, estreia às 4h de domingo, horário de Brasília, contra a japonesa Suzuki Honami (232ª) que surpreendeu a polonesa Martyna Swatowska (65ª) na T256.  Em caso de vitória, enfrenta ou a norte-americana Margherita Guzzi Vincenti (136ª) ou a romena Bianca Benea (113ª). A cabeça de chave mais próxima é a norte-americana Kelley Hurley (17ª), cabeça 15, enquanto possíveis adversárias de quartas são a sul-coreana Kang Young Mi (9ª), ou ucraniana Olena Kryvytska (10ª), bronze no mundial. 


*(Matéria publicada originalmente às 9:26 e Atualizada às 11:45 com informações da chave principal)

Foto: Augusto Bizzi / FIE

Nenhum comentário:

Postar um comentário