Com preparação intensa voltada aos Jogos de Tóquio, CT Time Brasil recebe 80 atletas em janeiro - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Com preparação intensa voltada aos Jogos de Tóquio, CT Time Brasil recebe 80 atletas em janeiro

Compartilhe




Em ritmo forte de treinamento, 80 atletas do Brasil já classificados ou com chances de classificação para Tóquio estiveram no Centro de Treinamento do COB, no Rio de Janeiro, neste primeiro mês do ano. Sem se descuidar das medidas de prevenção para evitar a contaminação do coronavírus, eles conseguiram realizar treinos de alta intensidade e ainda seguir os protocolos de saúde estabelecidos pelo Guia para a Prática de Esportes Olímpicos no Cenário da Covid-19, projeto elaborado pelo COB durante a pandemia.


Com dias e horários escalonados, além de planejamento que previa a distribuição dos atletas por diferentes salas e piscinas, foram organizados cinco campings de treinamento somente no último mês: taekwondo, polo aquático, ginástica artística masculina e dois de natação (provas de velocidade e de fundo).


“O COB segue empenhado em oferecer as melhores condições de treinamento para nossos atletas. Entramos na reta final de preparação para Tóquio 2020, com muitos deles já classificados para os Jogos e outros ainda em busca de suas vagas. Nosso desafio diário é ajudá-los neste objetivo, mas sem abrandar os protocolos de saúde”, afirmou o diretor de esportes do COB, Jorge Bichara.


A distribuição de atletas por todas as áreas do CT, casos da Sala de Combate e do Laboratório Olímpico, possibilitou que 16 modalidades fossem atendidas no período: atletismo, badminton, ginástica artística, golfe, judô, levantamento de pesos, maratonas aquáticas, nado artístico, natação, pentatlo moderno, polo aquático, saltos ornamentais, taekwondo, vela, vôlei de praia e wrestling. Dentre os principais atletas que passaram pelo Maria Lenk em janeiro, destacam-se: o campeão olímpico Arthur Zanetti, a vice-campeã olímpica Ágatha Rippel, os campeões mundiais Ana Marcela Cunha e Arthur Nory e os vice-campeões mundiais Icaro Miguel e Bruno Fratus.


“O convívio entre os diferentes esportes ajuda a construir uma unidade, um sentimento de time. Através dessa convivência, haverá um momento na Vila Olímpica, antes da prova, que um olhar ou uma palavra de incentivo pode fazer toda a diferença”, diz Bruno Fratus, que sonha disputar os Jogos Olímpicos pela terceira vez na carreira.


Neste início de fevereiro, a expectativa é que a preparação para Tóquio 2020 no CT Time Brasil siga no mesmo ritmo. Até o momento, já estão confirmados campings de treinamento da natação (velocidade e fundo) e das seleções brasileiras de ginástica artística feminina e saltos ornamentais.


Foto: COB/Rafael Bello

Nenhum comentário:

Postar um comentário