Número de atletas na cerimônia de abertura da Olimpíada de Tóquio deve ser reduzido quase pela metade - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Número de atletas na cerimônia de abertura da Olimpíada de Tóquio deve ser reduzido quase pela metade

Compartilhe

Os organizadores dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio estão reconsiderando a quantidade de atletas que estarão presente em suas cerimônias. De acordo com a imprensa internacional, a expectativa do Comitê Olímpico Internacional (COI) é de que cerca de 6 mil atletas compareça à abertura da Olimpíada, cortando drasticamente o número inicialmente previsto antes da pandemia.


"Para garantir a segurança dos atletas e simplificar as operações nos Jogos de Tóquio 2020, acreditamos que é necessário reconsiderar o número de participantes nas cerimônias de abertura e encerramento e como eles entrarão no estádio", disse Tóquio 2020 à Agence France-Presse (AFP).


Antes do adiamento dos Jogos, a cerimônia de abertura esperava reunir perto do total dos 11 mil atletas que participarão da Olimpíada. Com a necessidade de se tomar medidas preventivas ao coronavírus para a realização de um evento seguro, esse número teve de ser repensando para aliviar as aglomerações causadas nas áreas de espera e de saída da parada das nações.


Apesar de necessária, a redução na cerimônia de abertura foi um fato de difícil aceitação por parte do COI, de acordo com o japonês Yomiuri Shimbun. A entidade que rege o Movimento Olímpico dizia que a cerimônia é um evento que permite que os atletas interajam entre si para demonstrarem o espírito olímpico. Além disso, a diminuição poderia deixá-la menos atrativa para a audiência televisiva, algo temido pelo Comitê.


Ainda segundo o Yomiuri Shimbun, o COI passou a mudar de ideia sobre a questão quando os casos de coronavírus voltaram a crescer em todo o mundo no final do ano passado. Além desta, outras medidas preventivas já foram - e estão sendo - pensadas para prevenir a disseminação do vírus no megaevento. Entre elas, destaque para a restrição dos atletas na Vila Olímpica.


Os atletas serão solicitados a chegar à vila cinco dias antes de sua competição e deixá-la em até dois dias após sua participação. Assim, a cerimônia de abertura deverá contar apenas com os esportistas que forem competir na primeira semana dos Jogos, já que aqueles que participarão da segunda semana ainda não terão chego à vila.


A cerimônia de abertura da Olimpíada está programada para 23 de julho, enquanto a de encerramento para 08 de agosto. Duas semanas mais tarde, será iniciada a Paralimpíada, com abertura prevista para 24 de agosto e encerramento, para 05 de setembro.

Foto de capa: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário