Primeiro-ministro de Victoria não garante realização do Australian Open e outros eventos de tênis - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Primeiro-ministro de Victoria não garante realização do Australian Open e outros eventos de tênis

Compartilhe

Freando os planos da Tennis Australia (TA), o primeiro-ministro do estado de Victoria, Daniel Andrews, disse que ainda não é possível confirmar a realização de torneios de tênis como o Australian Open e a ATP Cup em Melbourne, no ano que vem, por causa da pandemia de coronavírus. 

Craig Tiley, chefe da TA, havia garantido ao jornal Herald Sun, que o Aberto da Austrália, a ATP Cup, assim outros torneios de tênis que ocorrem no país, seriam realizados no mês de janeiro, todos no estado de Victoria, num movimento semelhante ao que fez a USTA, movendo o Masters 1000 de Cincinnati, para Nova York, em agosto deste ano. No entanto, Andrews disse que autoridades de saúde locais não aprovaram os planos da entidade. 

“Temos que trabalhar essas coisas de uma forma metódica. (O Aberto da Austrália) é um evento importante. Absolutamente. Mas evitar uma terceira onda é indiscutivelmente ainda mais importante, mas continuaremos trabalhando nessas questões", disparou Andrews.

“Acho que podemos levar o evento adiante, mas terá que ser com um plano diferente", acrescentou.

O plano da Tennis Australia

A princípio, o plano da Tennis Australia é criar uma bolha para que os atletas possam cumprir um período de quarentena de duas semanas, podendo depois desse tempo circular normalmente pelo estado de Victoria. 

“Portanto, o Aberto da Austrália será disputado em um ambiente aberto, com jogadores se movimentando livremente, assim como os torcedores, que poderão ocupar até pelo menos até 25% da capacidade do complexo”, disse Tiley ao Herald Sun.

Torneios que seriam realizados em Brisbane, Hobart e Adelaide, deverão ser transferidos para Melbourne, capital de Victoria. Isso chegou a ser confirmado pelo próprio diretor do Brisbane International Tournament, Mark Handley. 

"Os fãs de tênis em Queensland vão se sentir um pouco insatisfeitos com a decisão, no entanto, os protocolos atuais para combater a COVID-19 significam que um verão de tênis apenas em Melbourne é a opção mais segura e viável para o grupo de jogadores", disse o diretor em um comunicado.

Mas sem a aprovação do governo de Victoria e de suas autoridades de saúde, ainda não é possível ter certeza sobre o futuro dos torneios de tênis que teoricamente abrirão a temporada 2021 do circuito feminino e masculino. 

Foto: Reprodução


Nenhum comentário:

Postar um comentário