Mariana D’Andrea concorre a vaga na final da Copa do Mundo online de Levantamento de Pesos Paralímpico - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Mariana D’Andrea concorre a vaga na final da Copa do Mundo online de Levantamento de Pesos Paralímpico

Compartilhe



A halterofilista Mariana D’Andrea concorre a última vaga como finalista da Copa do Mundo online de halterofilismo. Nove atletas estarão em ação no dia 17 de novembro em busca do título.


A Copa do Mundo online de halterofilismo foi lançada em abril pelo Comitê Paralímpico Internacional (IPC) para dar aos atletas a oportunidade de competir em casa ou em seu local de treinamento local durante a pandemia do Covid-19. Ao todo, já foram realizadas cinco etapas e 129 esportistas participaram.


O IPC anunciou nesta semana oito finalistas: Amalia Perez (México), Anastasiia Mamadamirova (Rússia), Cristina Poblador (Colômbia), David Degtyarev (Cazaquistão), Jainer Cantillo (Colômbia), Latsami Sipaseuth (Laos), Matteo Cattini (Itália) e Vera Muratova (Rússia).


O público decidirá o nono competidor na final do torneio. A votação segue até esta sexta-feira, 6, na conta oficial do World Para Powerlifting no Facebook e Twitter. Os concorrentes são: Mariana D'Andrea (Brasil), Mumamad Nigo (Uganda), Rehab Ahmed (Egito). 


Natural de Itu, interior paulista, Mariana possui nanismo e começou na modalidade em 2015. Desde então, a atleta coleciona um ouro nos Jogos Parapan- Americanos de Lima 2019 na categoria até 67kg e uma prata por equipes no Mundial no Cazaquistão também no ano passado.


Pela primeira vez na temporada, a competição será exibida ao vivo com arbitragem oficial e os atletas poderão acompanhar os resultados dos demais competidores. O sistema de resultados será diferente da etapa anterior, já que a Final da Copa do Mundo Online será um evento misto, e não dividido nas categorias masculina e feminina. Os resultados serão baseados no número de pontos adicionais que os atletas podem marcar. Vale ressaltar que as marcas não são homologadas para o ranking classificatório para os Jogos Paralímpicos de Tóquio, no ano que vem.


Foto: EXEMPLUS/CPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário