Halterofilistas da Romênia terão medalhas retiradas após testarem positivo para doping em Londres 2012 - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Halterofilistas da Romênia terão medalhas retiradas após testarem positivo para doping em Londres 2012

Compartilhe

As medalhas conquistadas pelos levantadores de peso da Romênia, Roxana Cocos e Răzvan Martin, em Londres 2012, serão retiradas após os atletas testarem positivo para doping no período em que participaram do evento. 

Cocos foi medalhista de prata na categoria até 69 kg feminino, enquanto Martin foi bronze na prova dos 69 kg para homens. Outro levantador de peso do país, Gabriel Sincraian, 85° colocado na prova masculina de 85 kg também foi desclassificado. 

A reanálise das amostras de Cocos, Martin e Sincraian nos Jogos mostrou que cada um dos atletas utilizou esteróides proibidos como a metenolona e o estanozolol. Para piorar a situação de Martin, ele também testou positivo para o anabolizante desidroclormetiltestosterona.

A desclassificação de Cocos levará a novas mudanças no quadro de medalhas do evento e principalmente na classificação final da prova dos 69 kg feminino. Isso porque as levantadoras bielorrússas Maryna Shkermankova e Dzina Sazanavets, a terceira e quarta colocadas respectivamente já foram desqualificadas por casos de doping. 

Quem deve 'subir ao pódio' neste caso são as atletas que ficaram em quinto e sexto lugares respectivamente: Anna Nurmukhambetova, do Cazaquistão, e Ubaldian Valoyes, da Colômbia. 

No caso da desqualificação de Martin, quem subirá ao terceiro lugar na categoria 69 kg é o norte-coreano Kim Myong-hyok. 

Por fim, a seleção romena de levantamento de peso poderá ser suspensa por um ano, já que a Federação Internacional de Halterofilismo prevê o banimento por um ano para nações que tenham três ou mais testes positivos para doping nas reanálises solicitadas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI). 

Foto: Reprodução/Digi Sport


Nenhum comentário:

Postar um comentário