Com três gols de Debinha, Brasil goleia o Equador em amistoso visando a Olimpíada de Tóquio - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Com três gols de Debinha, Brasil goleia o Equador em amistoso visando a Olimpíada de Tóquio

Compartilhe

 



Depois de mais de oito meses de espera, a Seleção Brasileira de Futebol Feminino voltou a campo nesta sexta-feira (27) na Neo Química Arena, em São Paulo, e goleou o Equador pelo placar de 6 a 0 no primeiro dos dois amistosos de preparação visando os Jogos Olímpicos de Tóquio. A grande destaque da partida ficou por conta da Debinha, que marcou três gols.


Apesar do amplo domínio no primeiro tempo, o Brasil teve dificuldades de furar o sistema defensivo montado pela técnica Emily Lima e só conseguiu abrir o placar aos 33 minutos, em uma jogada de bola parada. Após cobrança de escanteio de Andressa Alves, a defesa equatoriana cortou mal e Debinha aproveitou o rebote para abrir o placar com um belo chute no ângulo direito da goleira Moran. 


No segundo tempo, a técnica Pia Sundhage fez algumas alterações para observar algumas caras novas na seleção. O Brasil manteve o domínio das ações, mas até os 30 minutos o time tinha dificuldades na definição das jogadas, errando bastante no último passe. 


Porém, a persistência brasileira deu resultado e a seleção construiu a goleada nos 15 minutos finais. Aos 32 minutos, Formiga cruzou e Nycole só ajeitou para Debinha marcar seu segundo gol na partida. Um minuto depois o Brasil chegou ao terceiro gol. Após cruzamento da Duda, Nycole deu mais uma assistência no jogo, desta vez para Valéria marcar. 


Aos 37 minutos, a seleção marcou o quarto com a zagueira Raffaele de cabeça. Dois minutos depois, Nycole, em uma bela jogada individual, sofreu pênalti, em que Debinha converteu, marcando o seu terceiro gol na partida e é a artilheira da era Pia Sundhage com 9 gols. E aos 42 minutos, a seleção fechou a conta com um golaço da Duda, em um belo chute de fora da área. As duas seleções voltam a se enfrentar na próxima terça-feira (1°), no Estádio do Morumbi, também na capital paulista.


Foto: Mariana Sá/CBF

Nenhum comentário:

Postar um comentário