CBJ lança Copa Brasil Interclubes de Judô, novidade no calendário nacional de 2020 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

CBJ lança Copa Brasil Interclubes de Judô, novidade no calendário nacional de 2020

Compartilhe



A Confederação Brasileira de Judô (CBJ) realizará nos dias 25, 26, 27, 28 e 29 de novembro, a primeira edição da Copa Brasil Interclubes de Judô, novidade no calendário nacional de 2020, paralisado desde março pela pandemia do novo coronavírus. Este será o principal evento nacional de judô organizado pela CBJ neste ano e contará com a presença de grandes nomes da modalidade.


“A Copa Brasil Interclubes de Judô nasceu de um esforço conjunto entre a CBJ, do patrocinador master e dos principais clubes do Brasil, pensando num formato inédito que pudesse viabilizar, de forma segura, uma competição de judô em solo brasileiro neste ano depois de nove meses de paralisação do nosso calendário. Esse evento reacende nossa esperança para superarmos esse momento difícil e é uma injeção de ânimo nos atletas, fãs, técnicos, enfim, na família judô como um todo. É uma enorme satisfação para a CBJ concretizar a Copa Brasil e é também uma significativa demonstração de união dessas instituições em prol do judô nacional”, destaca o presidente da CBJ, Silvio Acácio Borges. 



A competição, que será por equipes mistas no formato da nova prova olímpica do judô para Tóquio, reunirá seis grandes clubes do Brasil em estrutura “bolha”, seguindo rígidos protocolos de segurança, no centro de treinamento do Futebol Clube Sky Brasil, em Santana do Parnaíba, São Paulo. 



O Instituto Reação (RJ), a Sogipa (RS), o Minas Tênis Clube (MG), o Esporte Clube Pinheiros (SP), o Clube Paineiras do Morumby (SP) e o Sesi (SP) são os clubes que disputarão o título inédito da Copa Brasil em 2020. Todos eles são formados, em sua maioria, por judocas que integram a seleção brasileira principal, fortalecendo ainda mais a preparação desses atletas rumo a Tóquio 2020. 


“Esse evento é uma oportunidade para mantermos nossos atletas competitivos, para recuperar o ritmo de competição agora que a Federação Internacional de Judô reabriu seu calendário. A gente está buscando colocar nossos atletas em estado de prontidão e essa competição vem ao encontro dessa proposta. Será um complemento à retomada do calendário que já teve a Missão Europa, um treinamento de campo nacional, o Grand Slam de Budapeste e terá agora o Pan. A Copa Brasil dará também oportunidade para outros atletas que não foram ao Grand Slam ou ao Pan de poder voltar a competir”, explica Ney Wilson Pereira, gestor de Alto Rendimento da CBJ. 


Formato de disputa 


Os seis clubes serão divididos em dois grupos de três. Todos se enfrentam dentro dos seus respectivos grupos e os dois melhores classificados de cada lado avançam às semifinais. Os vencedores das semifinais se enfrentarão pelo título, enquanto os perdedores decidem o terceiro lugar. 


Cada equipe será formada por até seis atletas, sendo três categorias masculinas (73kg, 90kg e +90kg) e três femininas (57kg, 70kg e +70kg). Cada clube será composto por, no máximo, dez integrantes entre atletas e comissão técnica.

Foto: Diuvlgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário