Após título na Áustria, Melo e Kubot estreiam no Masters 1000 de Paris de olho na vaga no ATP Finals de Tênis - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Após título na Áustria, Melo e Kubot estreiam no Masters 1000 de Paris de olho na vaga no ATP Finals de Tênis

Compartilhe




Motivados com a conquista do tricampeonato do ATP 500 de Viena, no domingo (1º), o mineiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot, bye na primeira rodada, estreiam na quinta-feira (5) no Masters 1000 de Paris. E na quadra estarão os mesmos adversários da final na Áustria: os britânicos Jamie Murray e Neal Skupski. 


O jogo, válido pela segunda rodada, será por volta das 11h30 (horário de Brasília). Murray e Skupski venceram, nesta quarta-feira (4), Hugo Nys (Mônaco) e Artem Sitak (Nova Zelândia) por 2 sets a 0 – 7/5 e 7/6 (7-5). No confronto entre as parcerias, duas partidas e duas vitórias de Melo e Kubot. 


Cabeças de chave número 4 na capital francesa, Melo e Kubot vão em busca de bons resultados, de olho na vaga entre as oito melhores parcerias classificadas para o ATP Finals, que encerra a temporada entre os dias 15 e 22 de novembro, em Londres, na Inglaterra. Em Paris, comemoraram juntos o título em 2017 - Marcelo tem mais uma conquista, em 2015, ao lado do croata Ivan Dodig.


Com o título na Áustria, Melo e Kubot subiram da 11ª para a oitava colocação na Corrida para Londres, entrando na zona de classificação. Somam agora 1.780 pontos, apenas 20 atrás de Jamie Murray e Neal Skupski, que estão em sétimo lugar. E 110 à frente dos nono colocados – o austríaco Jurgen Melzer e o francês Edouard Roger-Vasselin – e 115 dos décimos – o australiano Max Purcell e o neozelandês Luke Saville. No ranking mundial individual de duplas, estão empatados em 11º lugar, com 5.340 pontos, ambos ganhando uma posição após Viena.


“Foi uma ótima semana em Viena, com uma energia muito boa. Agora é seguir assim aqui em Paris”, afirma Marcelo.


Foto: Bildagentur Zolles KG / Christian Hofer

Nenhum comentário:

Postar um comentário