Boris Becker é acusado de não entregar dois troféus de Wimbledon para pagar dívidas - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Boris Becker é acusado de não entregar dois troféus de Wimbledon para pagar dívidas

Compartilhe

Tricampeão do torneio de Wimbledon e vencedor de outros três títulos de Grand Slam, o alemão Boris Becker está sendo acusado pela corte inglesa de não entregar dois de seus troféus conquistados no Major londrino, para pagar parte de sua dívida milionária. 

A acusação lista os troféus de Becker em Wimbledon de 1985, quando aos 17 anos ele se tornou o mais jovem campeão individual masculino no All England Club, e em 1989.

Becker, declarado falido em 2017, também não entregou seus dois troféus do Australian Open, ação que fazia parte de suas obrigações judiciais. Recentemente ele foi acusando de outras 26 violações.

Entre as infrações de Becker está a suposta omissão de propriedades e de aproximadamente 1 milhão de libras em contas bancárias. 

Becker, que mora em Londres, foi informado de que seu julgamento começará em setembro de 2021. Ele pode ser condenado a sete anos de prisão, mas passará por este processo em liberdade, após pagar fiança.

“Ele está determinado a enfrentar e contestar essas acusações e restaurar sua reputação em relação às acusações feitas contra ele”, disse Jonathan Caplan, advogado de Becker.

Foto: Matt Dunham/AP

Nenhum comentário:

Postar um comentário