Federação Africana de Tênis de Mesa fecha parceria com clube francês para desenvolver novos talentos para Paris 2024 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Federação Africana de Tênis de Mesa fecha parceria com clube francês para desenvolver novos talentos para Paris 2024

Compartilhe

A Federação Africana de Tênis de Mesa (ATTF) fez uma parceria com o Athletic Club de Boulogne-Billancourt (ACBB), um clube francês da modalidade, para que possa desenvolver o esporte no continente, além de revelar novos talentos visando os Jogos Olímpicos de Paris 2024. 

Com isso, as associações nacionais poderão utilizar as instalações do clube francês, que tem sede no subúrbio de Paris, para se prepararem na busca por vaga nos Jogos que serão realizados na capital. Um torneio anual também será organizado pelos jogadores do continente africano. 

"Esta parceria é uma oportunidade real para a África", disse Ali Kanate, um atleta do tênis de mesa da Costa do Marfim.

“Felicito ambas as partes pelo estabelecimento desta parceria que terá início em outubro com um torneio solidário que contará com a participação dos melhores jogadores africanos”, completou. 

Apesar de nunca ter conquistado uma medalha olímpica no tênis de mesa, o continente africano fez história nas Olimpíadas Rio 2016, com o nigeriano Quadri Aruna, que eliminou o ex-número 1 do mundo Timo Boll e caiu para Ma Long, que viria a ser o campeão, nas quartas de final do torneio. 

Este desempenho chamou atenção da ACBB e que convidou os jogadores Larbi Bouriah, da Argélia e Adam Hmam, da Tunísia, que se classificaram para os Jogos Olímpicos de Tóquio, para treinarem no clube. 

"Em primeiro lugar, agradeço o presidente da ATTF Khaled El Salhy e sua equipe por sua confiança", disse o presidente da ACBB, Frédéric Reuseau. "Estamos muito satisfeitos com a parceria com a ATTF". 

Foto: Remy Gros/ITTF

Nenhum comentário:

Postar um comentário