Campeã do US Open, Naomi Osaka anuncia sua desistência de Roland Garros



Campeã do US Open há menos de uma semana, a tenista japonesa Naomi Osaka revelou que não disputará o torneio de Roland Garros, que neste ano será o último Grand Slam da temporada de tênis. Em publicação postada em sua conta no Twitter, Osaka disse que o problema no tendão da coxa esquerda que a tirou da final do Premier de Cincinnti (antes do Major nova-iorquino) ainda persiste e ela não teria tempo de se preparar corretamente. 


"Ei pessoal, antes de mais nada, muito obrigado por todo o apoio nas últimas três semanas. Não teria conseguido sem vocês! Infelizmente, não poderei jogar o Aberto da França neste ano. Meu tendão ainda está dolorido, então não terei tempo suficiente para me preparar para o saibro - os dois torneios de preparação ficaram muito próximos um do outro para mim desta vez. Desejo tudo de bom aos organizadores e jogadores. Sinto saudades, mas vocês me verão mais cedo ou mais tarde! Com amor, Naomi". 



Osaka disputou o torneio de Roland Garros pela primeira vez em 2016 e desde então sempre esteve presente no evento. A tenista japonesa nunca passou da terceira rodada, campanha alcançada no seu ano de estreia no saibro parisiense e também em 2018 e 2019. Na temporada passada a dona de três títulos de Major foi eliminada pela tcheca Katerina Siniakova, ao perder em sets diretos, com placar de 6-2 e 6-4. 


Atual número 3 do mundo, Osaka faturou o título do US Open após derrotar de virada a bielorrussa Victoria Azarenka, por 2 sets a 1, 1-6, 6-3 e 6-3. 


Quem também não jogará o torneio de Roland Garros é a atual campeã Ashleigh Barty, que desistiu do Major por conta da pandemia de coronavírus. 


Surte+ Fed Cup será Copa Billie Jean King a partir de 2021 em homenagem à lenda do tênis


Foto: USTA

Comente

Postagem Anterior Próxima Postagem