Tenista Jennifer Brady vence WTA de Lexington e conquista maior título da carreira - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Tenista Jennifer Brady vence WTA de Lexington e conquista maior título da carreira

Compartilhe

A tenista estadunidense Jennifer Brady conquistou o título do WTA de Lexington, disputado em quadras rápidas, nos Estados Unidos. Neste domingo (16), ela bateu a suíça Jil Teichmann por 2 sets a 0, com parciais de 6-3 e 6-4, em 1h42 de partida. Este é o primeiro troféu de WTA em simples na carreira da atleta de 25 anos.

O primeiro set foi muito equilibrado, com Teichamnn mostrando superioridade no aproveitamento do primeiro saque, acertando 54%, contra 33% da adversária. Porém, isso não foi o suficiente para a tenista suíça tomar a dianteira no jogo. 

Brady venceu 43 dos 77 pontos disputados, conquistando uma quebra de serviço, no oitavo game da primeira parcial. A estadunidense chegou a anotar sete pontos em sequência, tendo 79% de aproveitamento nos pontos com o primeiro saque durante o set inicial, fechando com 6-3.

Já no segundo set, Brady começou impondo grande ritmo, conseguindo a quebra de saque logo no primeiro game. A partir disso coube a ela apenas administrar a vantagem conquistada, confirmando todos os seus serviços. 

A estadunidense disparou dois aces, venceu 34 dos 60 pontos disputados durante a segunda parcial, conquistando 82% dos pontos com o primeiro saque, para fechar o set em 6-4.

Para chegar ao título, Brady bateu em sua campanha no WTA de Lexington a britânica Heather Watson, a polonesa Magda Linette, cabeça de chave 6, a tcheca Marie Bouzkova e a jovem estadunidense Cori Gauff.

Anteriormente, Brady havia conquistado títulos apenas em campeonatos da Federação Internacional de Tênis, (ITF), com quatro troféus em seis finais deste nível em simples.

Jil Teichmann jogará a final de duplas do WTA de Lexington ainda neste domingo, com sua parceira Marie Bouzkova. Elas enfrentarão a dupla composta pela brasileira Luisa Stefani e a estadunidense Hayley Carter.  

Foto: James Crisp/Associated Press

Nenhum comentário:

Postar um comentário