Dinamarca retoma programa de desenvolvimento do bobsled após 14 anos - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Dinamarca retoma programa de desenvolvimento do bobsled após 14 anos

Compartilhe

A Dinamarca está reiniciando o programa de desenvolvimento do bobsled após um hiato de 14 anos. O país não tem representatividade na modalidade desde 2006, mas agora busca a meta de classificar um trenó para os Jogos Olímpicos de Inverno de Milão e Cortina d'Ampezzo, em 2026. 

Dos seis novos atletas recrutados, cinco são do atletismo, já que o gerente geral do Bobsled e Skeleton da Dinamarca, Tom Johansen, havia trabalhado anteriormente com a Federação Dinamarquesa de Atletismo. 

Entre os atletas, estão Jannick Bagge, que será o piloto do trenó, Mads Luno, Marius Glenner-Frandsen, Rasmus Overgaard e Lukas Medina Sorensen, todos na função de empurradores. O sexto integrante do time é Simon Darville, ex-levantador de peso, que também será um empurrador. 

Atual campeão dinamarquês do salto triplo, Bagge, afirmou que o torneio deste ano pode ter sido seu último no atletismo. Ele ainda falou sobre sua satisfação em integrar a equipe de bobsled da Dinamarca.

"Faço parte de um projeto sério para construir uma equipe dinamarquesa de bobsled de classe mundial e estou realmente ansioso para finalmente começar agora".

Os primeiros treinamentos da seleção dinamarquesa deverão ocorrer em Winterberg, na Alemanha, entre 10 e 13 de setembro. 

A Dinamarca tem apenas uma medalha em todas as suas participações nos Jogos Olímpicos de Inverno. Ela foi conquistada pela seleção de curling do país, prata nas Olimpíadas de Nagano, no Japão, em 1998. 

Foto: BSK Danmark

Nenhum comentário:

Postar um comentário