Saltador russo apela contra decisão do CAS sobre banimento por quatro anos - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Saltador russo apela contra decisão do CAS sobre banimento por quatro anos

Compartilhe

Após ser banido por quatro anos do esporte em junho deste ano, por um caso de doping, o atleta russo do salto em altura, Alexander Shustov, ainda não desistiu de tentar provar sua inocência. Mesmo perdendo no Tribunal Arbitral do Esporte (CAS), o saltador protocolou um recurso para um painel de juízes da corte na última semana, de acordo com a agência de notícias TASS

Segundo o CAS, Shustov teria utilizado substâncias e métodos proibidos para um atleta, infringindo regras antidoping da World Athletics.  

"O apelo foi protocolado a tempo", disse Shustov em entrevista ao TASS. "A data de sua consideração ainda é desconhecida".

Mas não foi apenas no âmbito da prática esportiva profissional que Shustov teve um revés. Ao ter seu nome envolvido com o doping, ele perdeu o lugar como membro do Conselho Executivo da Federação Russa de Atletismo (RusAf), conquistado em dezembro de 2016. Na época ele pretendia ser presidente do grupo, mas retirou sua candidatura

Além de perder a cadeira no conselho, Shustov teve todos os resultados obtidos entre 8 de julho de 2013 e 7 de julho de 2017 anulados com a decisão do CAS. 

A melhor marca pessoal do saltador russo de 36 anos é de 2,34. Além do título europeu em 2010, Shustov conquistou um bronze no torneio continental indoor, em 2011. 

Foto: AFP

Nenhum comentário:

Postar um comentário