Mesmo com teste positivo de Tiafoe para COVID-19, organização segue com evento de tênis nos EUA - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Mesmo com teste positivo de Tiafoe para COVID-19, organização segue com evento de tênis nos EUA

Compartilhe

Nem todos os cuidados tomados pela organização do torneio de tênis All-American Team Cup foram o suficiente para evitar um caso positivo entre os atletas do evento. O jovem tenista Frances Tiafoe, de 22 anos, foi diagnosticado com coronavírus em resultado revelado na manhã do último sábado (4).

Mesmo com o caso, a organização do campeonato seguirá com a disputa, redobrando o rigor com a saúde do público, jogadores e trabalhadores. O evento está recebendo até 450 pessoas no complexo de tênis em Atlanta.

O local de competições passou por uma profunda higienização e a organização tentou localizar pessoas que tiveram contato com Tiafoe e que acabaram sendo expostas ao vírus. Além disso, eles reforçaram o comprometimento com a saúde de todos. 

Tiafoe (81º) havia vencido na partida de abertura do torneio, ao derrotar Sam Querrey (45º) em sets diretos. No entanto, o atleta sentiu muito cansaço na fase final do jogo, pedindo até um atendimento médico. 

"Infelizmente, testei positivo na sexta-feira para o Covid-19 e tenho que me retirar do evento especial da All-American Team Cup em Atlanta neste fim de semana. Nos últimos dois meses, tenho treinado na Flórida e testado negativo lá há uma semana antes de viajar. Estou programado para fazer um segundo teste no início da próxima semana, mas já iniciei o protocolo de quarentena, conforme recomendado pela equipe médica aqui em Atlanta. Embora eu esteja tão empolgado em voltar para lá, a saúde e a segurança de todos continuam sendo a principal prioridade", disse Tiafoe em pronunciamento em sua conta no Instagram. 



A segunda rodada

Nas três partidas realizadas nesta rodada, o destaque foi para mais uma atuação sólida de John Isner (21º), que derrotou Kevin King, tenista que substituiu o lesionado Reilly Opelka. Com placar de 6-1 e 6-3, Isner chegou a sua segunda vitória no evento.

Sam Querrey, que havia perdido para Tiafoe na primeira rodada, venceu uma partida dramática definida no super tiebreak, em 1h42 de jogo, com parciais de 6-3, 6-7 e 10-7.

O confronto entre Steve Johnson e Tommy Paul também teve o placar decidido no super tiebreak. Johnson começou mal, levando um 6-2 do adversário no primeiro set. Entretanto, ele se recuperou e buscou a vitória de virada empatando o jogo no segundo set por 7-5 e finalizando a partida com um 10-8 na parcial decisiva.

Foto: USTA/Darren Carroll

Nenhum comentário:

Postar um comentário