Vadão, ex-técnico da seleção feminina de futebol, morre vítima de câncer - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Vadão, ex-técnico da seleção feminina de futebol, morre vítima de câncer

Compartilhe

Faleceu nesta segunda-feira (25) vítima de câncer no fígado, o ex-técnico da seleção brasileira de futebol feminino, Oswaldo Alvarez, popularmente conhecido por Vadão. Ele tinha 63 anos.

Vadão ganhou destaque como treinador a partir de 1992, quando treinou o Mogi Mirim, que era conhecido como "Carrossel Caipira". Neste clube ajudou a revelar Rivaldo, que foi campeão do mundo com a seleção brasileira masculina. Treinou também clubes como Guarani, Ponte Preta, Corinthians, São Paulo, Athetico Paranaense, Bahia, Vitória e Sport. Entre estes clubes, seu principal título foi o Torneio Rio-São Paulo em 2001 pelo São Paulo, revelando o jogador Kaká, que também viria a ser campeão do mundo pela seleção masculina.

Vadão teve duas passagens pela seleção feminina. A primeira foi no ciclo para os Jogos Olímpicos Rio 2016, em que ficou na quarta posição. Deixou a seleção após os Jogos do Rio e retornou em 2018 ficando até a Copa do Mundo do ano passado. Conquistou o título da Copa América, que classificou a seleção para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Foto: Divulgação/CBF

Nenhum comentário:

Postar um comentário