Surto História - Os Jogos da Amizade (Goodwill Games) - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Surto História - Os Jogos da Amizade (Goodwill Games)

Compartilhe



Após ver dois grandes boicotes nas Olimpíadas de 1980 e 1984, o empresário da mídia Ted Turner, fundador do canal de notícias CNN, estava chateado. Se os Jogos, que tinham como propósito unir os países pelo esporte não estava conseguindo fazer isso, o que fazer? Para o bilionário americano, a resposta era simples: outro grande evento, os Goodwill Games (que no Brasil ficou conhecido como os 'Jogos da Amizade', mas na verdade a tradução correta seria 'Jogos da Boa-Vontade')

O motivo dos Jogos eram claros: Se a Olimpíada não conseguia mais unir americanos e soviéticos, estes Jogos uniriam. E em tempo recorde ficou definido o esquema dos Jogos, ainda em 1985: As edições dos Jogos se intercalariam entre os países, e a capital Moscou, que tinha sediado os Jogos Olímpicos em 1980, foi eleita a sede da primeira edição entre 5 e 20 de julho de 1986. Com ajuda da Unicef e de outras organizações não governamentais, os jogos foram 'costurados' com os convites e com a presença de 3000 atletas de 79 países, com transmissão para mais de 60 países e a primeira vez em 10 anos que americanos e soviéticos se enfrentavam em uma competição multiesportiva, os Jogos foram um sucesso (de público e de audiência, pois financeiramente o prejuízo foi de 10 milhões de dólares). O grupo Turner pagou secretamente diversos cachês para estrelas do esporte estarem presente nos Jogos. Uma das estrelas do evento, Carl Lewis chegou a ter uma limousine particular para poder participar do evento


Essa edição teve suas polêmicas, como os soviéticos vetando a presença de Israel e Coreia do Sul - por ter relações cortadas com os sul-coreanos. Quase não tivemos, aliás, a União Soviética em na Olimpíada de Seul-1988 -, e suas peculiaridades, como a presença do motoball (um pólo que ao invés de cavalos, se usavam motos) e o campeonato mundial de basquete masculino disputado em Madrid no mesmo período ter sido válido para a competição. No fim, a União soviética ficou em primeiro no quadro de medalhas.

Em 1990, a segunda edição do Goodwill Games foi disputada em Seattle, com destaque para mais uma vitória soviética (a última da história) no quadro de medalhas e a entrada de esportes de inverno como patinação artística e hóquei no gelo no programa dos Jogos. A grande polêmica desta edição foi a deserção do craque soviético do hóquei Sergey Fedorov para assinar com o Detroit Red Wings da NHL, que foi motivo de muita reclamação dos dirigentes soviéticos. Destaque também para a final entre Estados Unidos e Porto Rico no basquete masculino, que se esqueceram o nome dos Jogos e uma briga generalizada encerrou a final, vencida pelos americanos. 

Em 94, a competição foi disputada em São Petersburgo, já como Rússia. Mesmo com a perda do propósito inicial, já que a União Soviética se esfacelou e a foi representada pela Rússia e das outras ex-nações soviéticas, os ideais de paz entre os povos americano e russo continuavam. Os russos mais uma vez levaram a melhor e mais uma vez os 'Goodwill Games' deram prejuízo para o Grupo Turner, com uma competição que começava a ficar esvaziada, mesmo com os pomposos cachês para atrair estrelas do esporte.

Em 1998, a sede foi Nova York (USA), com os Goodwill Games tendo um novo dono: a Time Warner, que havia se fundido com o grupo Turner. Finalmente, uma vitória americana no quadro de medalhas, que usou nomes como Michael Johnson, Michelle Kwan, Jackie Joyner-Kesee, entre outros, que derrotaram os russos capitaneados por Alexander Popov.

Para a quinta edição dos Jogos, tivemos mudanças: Ele aconteceria em 2001 ao invés de 2002 e seria dessa vez na cidade Brisbane, na Austrália, com o objetivo de aumentar o caráter global do evento. Apesar do bom público australiano, que viu o país liderar o quadro de medalhas, a competição teve baixíssima audiência nos Estados Unidos. Como os países não boicotavam mais os Jogos Olímpicos,  a Time Warner resolveu extinguir a competição, que não lucrava e não tinha mais razão de existir. Detalhe era que tinha uma edição - Phoenix em 2005 - agendada, mas ela nunca aconteceu.

Em 2009, Ted Turner criticou a visão míope do conglomerado que tinha os direitos dos Jogos:  "Se eu tivesse ficado lá, os Jogos da Boa Vontade não seriam cancelados" e reforçou a importância que os jogos multiesportivos tem para a paz mundial, pois segundo ele "enquanto as Olimpíadas ocorrerem e não forem boicotadas, é praticamente impossível ter uma guerra mundial".


Brasil nos Jogos da Amizade

O Brasil participou de todas as edições dos Goodwill Games, sempre saindo com pelo menos uma medalha. No total, foram 5 medalhas de ouro, 3 de prata e 10 de bronze, com nomes que também conquistaram medalhas olímpicas, como Lars Grael, Robson Caetano, Paula, Hortência, Sandra Pires, Maureen Maggi e Ana Moser.

A melhor campanha brasileira nos Jogos da Amizade foi na derradeira edição, com três ouros, uma prata e um bronze. Nenhum esporte trouxe mais medalhas para o Brasil no esporte como o vôlei de praia, que estreou em 94 e trouxe seis medalhas para os brasileiros. Adriana Behar e Shelda foram as maiores medalhistas brasileiras, com um ouro e uma prata.


Nenhum comentário:

Postar um comentário