Nova Zelândia programa torneio nacional de tênis para início de junho - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Nova Zelândia programa torneio nacional de tênis para início de junho

Compartilhe

Buscando o restabelecimento gradual das atividades esportivas, a Nova Zelândia programou a realização de um torneio de tênis masculino profissional por equipes a partir do dia 3 de junho, chamado "NZ Premier League". Além disso, o evento marca a primeira competição profissional no hemisfério sul, desde a paralisação das modalidades causada pela pandemia de coronavírus.

De acordo com a Tennis New Zealand e a Lavie Tennis Academy, organizadores e patrocinadores do campeonato, o evento não contará com a presença de público e seguirá uma série de restrições para manter a saúde dos atletas. 

O campeonato contará com a participação de 24 jogadores divididos em oito times com três tenistas cada, competindo durante três semanas com jogos de fase de grupos e finais a cada sete dias. São 112 partidas e todas elas serão transmitidas pela Sky Sport ou pelo canal da emissora no Youtube, segundo os dados divulgados pela Tennis New Zealand. 

Os primeiros tenistas a serem confirmados para o torneio foram o britânico Cameron Norrie e o neozelandês Ben McLachlan, que defende a bandeira do Japão. 

Em simples, o tenista mais bem colocado da Nova Zelândia é Rhett Purcell, atual 887 do ranking mundial da ATP. Já em duplas a nação da Oceania se destaca, com três top-80, Michael Venus, Marcus Daniell e Artem Sitak. 

Além disso, a "NZ Premier League", que será realizada na cidade de Auckland, deverá convidar jogadores universitários e outros tenistas estrangeiros. 

"Treinar sem um objetivo não é possível para atletas profissionais e competitivos", afirmou Christophe Lambert, diretor de tênis da Nova Zelândia.

“A NZ Premier League oferece oportunidades para que nossos melhores jogadores tenham um ambiente competitivo de base, para que estejam prontos para voltar quando o circuito profissional recomeçar, mas também para que nossos jogadores mais jovens obtenham a experiência necessária para se apresentar no mais alto nível”, apontou o Lambert.

Foto: Photosport

Nenhum comentário:

Postar um comentário