Destaque da seleção dos EUA, Matt Anderson descarta troca das quadras para as areias do vôlei de praia - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Destaque da seleção dos EUA, Matt Anderson descarta troca das quadras para as areias do vôlei de praia

Compartilhe

Matt Anderson disse que não tem intenção de se juntar às lista de jogadores que mudaram do vôlei para o vôlei de praia.  O atacante dos Estados Unidos estava respondendo no Instagram a perguntas enviadas por fãs de vôlei ao seu clube Modena, que ficou em segundo no SuperLega da Itália, um ponto atrás de Lube Civitanova antes da suspensão da liga devido ao surto da Covid-19.

Ele não seria o primeiro a mudar da arena para a praia. A treinadora feminina dos EUA, Karch Kiraly, ganhou o ouro olímpico no vôlei nos Jogos Olímpicos Los Angeles 1984 e Seul 1988, e depois mudou para o vôlei de praia, onde conquistou seu terceiro ouro ao vencer em Atlanta 1996, estreia da modalidade nos Jogos.

"Eu tive a grande ideia de quando comecei a jogar vôlei de praia seria um ótimo esporte de aposentadoria", disse Anderson. “Isso vem de um garoto da costa leste que jogou vôlei de praia talvez 10, 15 vezes na minha vida.

“Não sei o que se passa com esse esporte e só suponho que seja apenas um treinamento extremo. Treinamos na Califórnia com o Time Estados Unidos e alguns dos jogadores de praia treinam na academia conosco, e eles estão se esforçando tanto quanto nós e treinando na praia todos os dias" adicionou Anderson.

“A ideia do esporte é a mesma, três contatos, mas é um jogo diferente taticamente e não se encaixa no meu jogo de quadra. Levaria muito tempo para ser competitivo no esporte e, nessa época, eu já estaria velho demais” completou o jogador.

Foto: FIVB

Nenhum comentário:

Postar um comentário