Inspirado por Tom Brady, Justin Gatlin afirma que não se aposentará antes dos Jogos de Tóquio - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio

Inspirado por Tom Brady, Justin Gatlin afirma que não se aposentará antes dos Jogos de Tóquio

Compartilhe


O velocista americano Justlin Gatlin é um dos grandes nomes americanos do atletismo. Atualmente com 38 anos, ele segue firme na decisão de disputar os Jogos de Tóquio, mesmo com o adiamento para 2021, quando terá 39 anos. 

"O objetivo é competir nas Olimpíadas de 2021. Eu acho que muita gente pensa que o tempo está contra mim ou os atletas mais velhos nessa situação e isso está longe da verdade. Eu acredito que sim que posso vencer uma medalha de ouro em 2021" disse Gatlin, dono de cinco medalhas olímpicas.

Gatlin afirma que pode fazer bonito em Tóquio, mesmo em uma prova na qual os especialistas dizem que a explosão física e a juventude são os grande fatores para a vitória. E para lidar com o esporte de alto rendimento numa idade tão avançada, o corredor diz se inspirar em um grande ídolo do futebol americano, o quarterback Tom Brady:

"Não tem uma grande diferença ter 38 ou 39. Mas, como sempre digo, não estou correndo até chegar os 40. Eu era muito duro comigo em não correr até os 40, agora eu parece que estou chegando aos 40 e vou continuar correndo. Aposentar depois dos Jogos em 2021 é uma possibilidade. Mas, toda essa notícia sobre Tom Brady tem me dado muita esperança em dizer: 'É, sabe, talvez o Justin Gatlin de 40 anos nas pistas não vai ser uma loucura'".

foto: World Athletics

Nenhum comentário:

Postar um comentário