Grand Prix de Florete: Norte-americanos dominam em Turim e Guilherme Toldo é destaque



A etapa de Turim do Grand Prix de Florete demonstrou que a equipe norte-americana tem tudo para chegar imbatível nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Gerek Meinhardt (8º) venceu os compatriotas Race Imboden (4º) por 15-11 na semifinal e Alexander Massialas (9º) na final por 15-8 para conquistar a medalha de ouro. A outra medalha de bronze foi para a surpresa Wallerand Roger (FRA, 91º), derrotado por 15-2 por Massialas. Meinhardt subiu quatro posições e é o novo número 4 do mundo, uma posição a frente de Massialas.

Apesar da medalha de bronze e da atua oitava posição na classificação mundial, Imboden ainda está atrás de Nick Itkin, que manteve sua 6ª colocação no ranking, e periga ficar de fora das Olimpíadas. Ao seu favor, ele tem menos pontos a defender até o fim da corrida para Tóquio. Itkin, que busca sua primeira participação olímpica ficou em um decepcionante 18º lugar em Turim.

O número 1 do mundo, Alessio Foconi caiu nas quartas-de-final e terminou em 5º lugar, enquanto Daniele Garozzo (3º) foi surpreendido ainda na estreia, mas segue número 3 do mundo. A Itália também tem três atletas no top7 mundial: Andrea Cassara terminou em 19º no mundial, mas segue como 6º melhor. O francês Enzo Lefort, campeão mundial, número 2 do ranking e único a quebrar o domínio ítalo-americano no top8 e atual vice-líder perdeu na segunda rodada para o compatriota Maxime Pauty, que busca pontos importantes para subir no ranking e integrar o time francês.

Melhor latino-americano no florete, o brasileiro Guilherme Toldo (28º) venceu suas 6 lutas na fase de poules para passar em 3º lugar. No quadro principal, ele venceu o italiano de 18 anos Alessio Di Tommasso (sem ranking/12º juvenil, por 15-13) mas perdeu na rodada de 32 para o francês Julien Mertine (13º), por 15-14. Toldo tem larga vantagem na briga pela vaga olímpica para o continente. 

Pedro Marostega (210º) teve quatro vitórias na poule em seis jogos e venceu Claran Veitenheimer (GER, 202º) por 15-10 na rodada preliminar de 128, mas perdeu para o ucraniano Rostyslav Hertsyk (UKR, 104º) pelo mesmo placar na luta decisiva por um lugar no quadro principal. Apesar dos 1.500 pontos e da 83ª colocação, Marostega perdeu 17 posições e é o atual 227 do mundo. Heitor Shimbo, ausente de Turim, permanece por um fio no top100 (99º), a frente de Julien Baneux (121º) e Henrique Marques (126º).

Foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes