Brasil encerra Aberto do Chile de tênis de mesa paralímpico com oito medalhas - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Brasil encerra Aberto do Chile de tênis de mesa paralímpico com oito medalhas

Compartilhe

O Brasil encerrou sua participação no Aberto do Chile de Tênis de Mesa Paralímpico, primeira competição internacional da temporada 2020. No último domingo, 26, as equipes das classes 1-5 (Ecildo Lopes Iranildo Espíndola e o francês Nicolas Savant-Aira) e 9-10 (Carlos Carbinatti, Lucas Carvalho e Luiz Filipe Manara) ficaram em segundo lugar. Os brasileiros ganharam medalhas em todos os torneios que participaram neste Aberto do Chile: cinco pratas e três bronzes.

No grupo único das classes 1-5, Ecildo Lopes, Iranildo Espíndola e o francês Nicolas Savant-Aira venceram dois confrontos e caíram no último, contra os chilenos Luis Bustamante Flores, Cristian Astete e Maximiliano Ávila, por 2 a 1, ficando com a prata. No individual, Espíndola já havia conquistado a prata, enquanto Lopes tinha faturado um bronze.

A briga no grupo único das classes 9-10 foi bem intensa. Os espanhóis Jose Manuel Reyes e Jorge Cardona venceram todos os duelos, enquanto a equipe de Carlos Carbinatti, Lucas Carvalho e Luiz Filipe Manara e a dos chilenos Manuel Etchaveguren, Gustavo Serrano e David Poblete venceram dois jogos cada, com os brasileiros levando a melhor no confronto direto.

O potiguar Ecildo Lopes foi um dos brasileiros que comemorou o desempenho no Chile. Não só pelos dois pódios que conseguiu, mas principalmente pelas pretensões na temporada. Com 56 anos de idade, 20 de carreira, ele quer colocar a primeira Paralimpíada no currículo em 2020.

“Os resultados foram os melhores possíveis, por ser início de temporada. E esse torneio, em especial, serviu para atingir o fator de participação nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Fico apto a participar da seletiva, em Lasko, na Eslovênia, e também para uma vaga por convite dos organizadores. As medalhas vieram a complementar a participação”, disse o experiente atleta.

Foto: Alê Cabral/CPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário