Índia confirma participação nos Jogos da Commonwealth de 2022


Depois de ameaças de boicote, a Associação Olímpica Indiana (IOA) anunciou a presença da Índia nos Jogos da Commonwealth de 2022 após encontro de líderes da entidade com representantes da Federação dos Jogos da Commonwealth (CGF), realizado na segunda-feira (30), em Nova Delhi.

"Após uma visita útil e construtiva da CGF à Índia, nos sentimos confiantes e tranquilizados de que os atletas e a comunidade esportiva da Índia atribuem enorme valor e importância aos Jogos da Commonwealth e ao movimento da Commonwealth", disse a presidente da federação, Dame Louise Martin, após a reunião.

A ameaça indiana de não levar sua delegação à Inglaterra se dava devido à retirada do tiro esportivo do programa dos Jogos, um dos esportes que mais rendem medalhas ao país asiático. 

Em toda a história das competições, a Índia conquistou 134 medalhas no tiro esportivo. Só na última edição do evento, em Gold Coast-2018, o tiro forneceu à Índia 16 das 66 medalhas do país nos Jogos, o que equivaleu a quase 25% do total.

Para compensar a retirada do esporte, a IOA aprovou uma proposta da Associação Nacional de Fuzileiros da Índia para que o país sedie o Campeonato de Tiro da Commonwealth separado do evento tradicional e ocorrendo anteriormente a este em 2022.

A reunião também afirmou o desejo de o país lançar uma candidatura para ser sede dos Jogos de 2026 ou de 2030. A Índia já tem experiência recente como anfitriã do evento, uma vez que Délhi foi cidade-sede em 2010. Os Jogos Olímpicos da Juventude de 2026, os Jogos Asiáticos de 2030 e os Jogos Olímpicos de 2032 também estão nos planos e podem ser sediados em solo indiano.

Foto: Reprodução/Twitter

0 Comentários