Fifa anuncia candidaturas que seguem na briga para ser sede da copa do mundo de futebol feminino de 2023 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Fifa anuncia candidaturas que seguem na briga para ser sede da copa do mundo de futebol feminino de 2023

Compartilhe

A fifa anunciou que quatro candidaturas seguem na briga para sediar a copa do Mundo de futebol feminino de 2023: A candidatura conjunta de Austrália/Nova Zelândia, Japão, Colômbia e Brasil.

A partir de agora, a Fifa irá avaliar os livros com todas as propostas, incluindo visitas de inspeção aos locais, que devem ocorrer entre janeiro e fevereiro de 2020. Após finalizado esse processo, a entidade publicará um relatório de avaliação e apresentará também ao seu conselho. A escolha ocorrerá durante o congresso da Federação Internacional de Futebol, em Addis Ababa, Etiópia, em junho de 2020. Esta será a primeira Copa com 32 seleções.

No livro de candidatura, o Brasil coloca oito cidades como sedes: Belo Horizonte (Mineirão), Brasília (Mané Garrincha), Manaus (Arena da Amazônia), Porto Alegre (Beira-Rio), Recife (Arena de Pernambuco), Rio de Janeiro (Maracanã), Salvador (Arena Fonte Nova) e São Paulo (Arena Corinthians) com a grande decisão sendo realizada no Maracanã. Sobre as datas, a sugestão da CBF é que ocorra entre 13 de julho e 13 de agosto com abertura na Capital Federal e na capital gaúcha. Ela salienta que não haverá conflito com datas de outra competição da Fifa e garante que fará ajustes no calendário local para que a disputa não seja prejudicada.

com informações de globoesporte.com
foto: CBF

Nenhum comentário:

Postar um comentário