Alison dos Santos planeja correr abaixo dos 48 segundos em 2020: 'Quero buscar uma medalha olímpica' - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Alison dos Santos planeja correr abaixo dos 48 segundos em 2020: 'Quero buscar uma medalha olímpica'

Compartilhe


Alison dos Santos foi uma grata surpresa do atletismo brasileiro. Com apenas 19 anos, ele fez uma temporada incrível, com direito a recorde sul-americano, ouro nos Jogos Pan-americanos de Lima e participação na final dos 400m metros com barreiras no mundial de atletismo. Em entrevista exclusiva para o Surto Olímpico, Alisson admitiu que até ele mesmo se surpreendeu com a enxurrada de bons resultados:

"2019 foi um ano incrível, eu pude participar de vários campeonatos, sendo que muitos deles não estavam no planejamento inicial, mas conseguimos nos qualificar e fazer ótimas marcas.  Só tenho a agradecer pois tudo que aconteceu foi muito incrível e surpreendente. Estamos trabalhando e treinando para que o ano que vem seja ainda melhor."

Ao terminar 2019 tendo como melhor marca da carreira 48s28, terceira melhor marca sub20 da história dos 400m c/barreiras na final do mundial de atletismo, Alison afirmou que custou a acreditar na evolução tão rápida que teve:

"Não esperava ter essa evolução tão rápida, afinal eu só tenho 19 anos. Não esperava correr o que eu estou correndo. Eu tinha uma meta no começo do ano e logo no começo eu quebrei essa meta, fiz o recorde sul-americano e depois cada competição era uma surpresa, um PB (sigla para personal best, melhor marca da carreira), e só tenho a agradecer por esse ano maravilhoso que tive".

Alison também confidenciou os planos para 2020 e um deles é conseguir correr abaixo dos 48 segundos e fazer um PB na final olímpica dos 400 com barreiras: "Correr abaixo de 48 segundos será consequência do bom trabalho que estamos desenvolvendo na pista. Mas eu acredito sim que vou conseguir correr abaixo dessa marca no ano que vem e tenho um grande objetivo de chegar na olimpíada e correr de igual para igual com os meus adversários e fazer um PB em Tóquio. Quero buscar uma medalha na olimpíada".

foto: Wagner Carmo/CBAt

Nenhum comentário:

Postar um comentário