Brasil conquista mais três ouros no 2° dia de disputas do Pan-Americano de Judô - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Brasil conquista mais três ouros no 2° dia de disputas do Pan-Americano de Judô

Compartilhe

Neste sábado (29) foi realizado o segundo dia de disputas do Campeonato Pan-Americano de Judô, no Panamá e o Brasil conquistou 6 medalhas: 3 ouros e 3 bronzes.

Feminino:

Na categoria até 70 kg, em que não tivemos brasileiras, o título ficou com a colombiana Yuri Alvear, medalha de prata nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Ela derrotou na final a canadense Kelita Zupancic, com um ippon. As medalhss de bronze ficaram com a cubana Olga Masferrer e a venezuelana Elvismar Rodriguez.

Na categoria até 78 kg, o ouro ficou com a brasileira Samanta Soares. Ela estreou vencendo Diana Brenes, da Costa Rica por um waza-ari. Na semifinal, venceu a argentina Lucia Cantero, por um ippon. E na final, venceu a cubana Kaliema Antomarchi, com um ippon. As medalhas de bronze ficaram com Diana Brenes, da Costa Rica e Liliana Gardenas, do México.

Outro ouro brasileiro no feminino veio na categoria acima de 78 kg, onde só 4 atletas foram inscritas na chave. A brasileira Beatriz Souza venceu na semifinal a cubana Daile Ojeda, com um ippon e na final derrotou a mexicana Melanie Bolaños, com 3 waza-aris e um ippon. A medalha de bronze ficou com a americana Nina Cutro-Kelly.

Masculino:

Na categoria até 81 kg, o brasileiro Eduardo Yudi Santos conquistou o ouro vencendo todas as suas lutas por ippon. Estreou vencendo o venezuelano Noel Pena, em seguida, derrotou o cubano Jorge Martinez. Na semifinal venceu o canadense Etienne Briand e na final venceu o argentino Emmanuel Lucenti. As medalhas de bronze ficaram com o cubano Jorge Martinez e o canadense Etienne Briand.

Dois brasileiros estiveram na disputa da categoria até 90 kg: Gustavo Assis caiu logo na primeira luta para o mexicano Victor Ochoa, por um waza-ari. Já Rafael Macedo foi mais longe. Estreou vencendo o chileno Rafael Romo, em seguida derrotou o peruano Daryl Yamamoto, com dois waza-aris e um ippon. Na semifinal, perdeu para o americano Colton Brown, por um ippon. E na disputa do bronze, venceu o candense Zachary Burt, por um waza-ari. 

O ouro ficou com o cubano Ivan Felipe Silva Morales, que venceu o americano Colton Brown na final, por um waza-ari. A outra medalha de bronze ficou com o mexicano Victor Ochoa.

Outro bronze brasileiro veio na categoria até 100 kg. Leonardo Gonçalves estreou vencendo o argentino Martin Olveira, por ippon. Em seguida, venceu o colombiano Carlos Garzon, com um waza-ari e um ippon, mas foi derrotado na semifinal parano Andy Granda, por um ippon. Na disputa pelo bronze, venceu o mexicano Alexis Esquivel, com um waza-ari e um ippon.

Houve uma dobradinha cubana nesta categoria. Na final, Jose Armenteros venceu a Andy Granda. A outra medalha de bronze ficou com o uruguaio Pablo Aprahamian.

Na categoria acima de 100 kg, o brasileiro Ruan Isquierdo venceu o americano Ajax Tadehara, com 3 waza-aris e um ippon, mas foi derrotado na semifinal para o cubano Alex Garcia Mendoza, por um waza-ari. Na dispura pelo bronze, ele venceu o canadense Kevin Gauthier, com um waza-ari e um ippon. O ouro ficou com o cubano Alex Garcia Mendoza que venceu na final o argentino Hector Campos, com um waza-ari. A outra medalha de bronze ficou com o equatoriano Freddy Figueroa.

Neste domingo (30) será realizado o último dia de competições com as disputas por equipes no Masculino e Feminino.

Foto: Divulgação/CBJ


Nenhum comentário:

Postar um comentário