Últimas Notícias

COB promove integração entre atletas classificados para os Jogos Olímpicos de 2016


O Comitê Olímpico do Brasil (COB) reuniu atletas classificados para os Jogos Olímpicos Rio 2016 no domingo (13), em sua sede no Rio de Janeiro. Esse foi o primeiro encontro do Programa de Integração Time Brasil 2016, que tem o objetivo de informar os preparativos do COB para a Missão Brasileira, além de promover a troca de experiências entre os atletas. Mais três reuniões na sede do COB estão previstas até o início dos Jogos Rio 2016, em agosto.

A medalhista olímpica Isabel Swan (vela, bronze em Pequim 2008) esteve presente à integração promovida pelo COB, assim como Aline Silva (lutas), Ana Marcela Cunha (maratona aquática), Bruno Bethlem (vela), Cássio Rippel (tiro esportivo), Gilda Oliveira (lutas), Henrique Haddad (vela), Iris Sing (taekwondo), Janice Teixeira (tiro esportivo), Robson Conceição (boxe) e Talita (vôlei de praia). Roberto Leitão, chefe de equipe de lutas, também esteve presente como ouvinte. Bernard Rajzman, chefe da missão brasileira nos Jogos Rio 2016 e membro do Comitê Olímpico Internacional, abriu o encontro do COB com os atletas já classificados para o Rio 2016.

Impossibilitado de comparecer ao evento, o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman, gravou uma mensagem em vídeo aos atletas. "Meus queridos atletas olímpicos, parabéns pela classificação para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Eu posso imaginar a grande emoção em poder participar dos Jogos dentro do seu próprio país. É uma emoção muito forte, muito complexa, que mexe com a gente. Esse vai ser realmente o grande momento da carreira de vocês", disse o presidente do COB, através de vídeo apresentado aos atletas. "Vocês terão sempre ao lado tanto o COB quanto as Confederações, mas principalmente a torcida brasileira. Boa sorte. E que vocês possam estar à vontade para poder cumprir essa grande etapa da vida do atleta olímpico", afirmou Nuzman, lembrando a sua experiência como atleta olímpico de vôlei em Tóquio 1964.

Os atletas do Time Brasil tiveram um domingo de imersão nos Jogos Olímpicos Rio 2016, com palestras e apresentações sobre a Missão do COB para os Jogos, Vila Olímpica, Espaço Time Brasil, logística, transporte, áreas de treinamento e apoio exclusivas do Time Brasil, uniformes, cerimônias, entre outros assuntos.

"Esse tipo de encontro ajuda a criar uma unidade entre o Time Brasil que será importante para a participação da delegação brasileira durante os Jogos. Nosso objetivo é antecipar a experiência olímpica que os atletas terão daqui a poucos meses. O COB quer que todos cheguem ao início dos Jogos apenas pensando em treinar, descansar e competir", disse a gerente de planejamento esportivo do COB, Adriana Behar. "Esse encontro de hoje foi mais uma etapa da melhor preparação que os atletas brasileiros já tiveram para uma edição de Jogos Olímpicos. Nossa meta é colocar o Brasil no Top 10 do quadro geral de medalhas na Rio 2016 e não estamos medindo esforços para isso", completou Adriana.

Além da troca de experiências entre eles, os atletas também participaram de um painel com o bicampeão olímpico de vôlei Giovane Gavio e com a ex-ginasta Daiane dos Santos, que falaram sobre suas participações olímpicas, o que pode acontecer no entorno do atleta durante os Jogos e oportunidades e cuidados que todos podem ter antes, durante e até mesmo após os Jogos.

A atleta de maratonas aquáticas Ana Marcela Cunha, que participou dos Jogos Olímpicos Pequim 08, mas ficou de fora de Londres 12, gostou da experiência de vivenciar os Jogos Rio 2016 e disse já se sentir parte do Time Brasil. "Estou classificada há mais de um ano, mas com esse encontro já me sinto parte do Time Brasil. É legal ver que está chegando a hora e que temos toda essa estrutura para nos apoiar no evento mais importante de nossas vidas", disse a atleta baiana, escolhida pela Federação Internacional de Natação (Fina) como a melhor nadadora de maratonas aquáticas em 2015.

A velejadora Isabel Swan elogiou a iniciativa do Comitê Olímpico do Brasil. "Com a integração realizada hoje a gente começa a sentir o clima de Jogos Olímpicos. Conhecer outros atletas ajuda a criar a ideia de Time Brasil. Saio mais fortalecida e preparada para os Jogos após essa iniciativa do COB", disse Isabel. "Essa foi a primeira vez que participei de uma reunião onde se mostrou todo o processo dos Jogos Olímpicos, desde a chegada à Vila à cerimônia de encerramento. Os Jogos Rio 2016 são no Brasil, na nossa casa. Então estamos buscando o nosso melhor rendimento. Nesse sentido a reunião foi muito proveitosa", afirmou a medalhista olímpica.

Além dos três encontros já marcados para a sede do COB, outras reuniões serão realizadas diretamente nas bases de algumas modalidades com grande quantidade de atletas, como vôlei, basquete e handebol, entre outras.

Como país-sede, o Brasil contará com uma delegação recorde na competição. Nesse momento, o país já tem 408 vagas garantidas.

Foto: COB

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar