Brasil é vice campeão da Copa América de basquete feminino sub16


O Brasil, após conseguir uma vitória histórica contra o Estados Unidos, tinha a seleção canadense, que tinha vencido as meninas do Brasil na primeira fase por 64 a 50. E a final seria a chance da revanche. Em um jogo de ótimo nível técnico, o Brasil conseguiu uma reação no último quarto, levando o jogo para a prorrogação, mas acabou sendo derrotado no tempo extra por 72 a 71 na Final da Copa América de Basquete Feminino sub-16, realizado no México.

Como terminou entre as quatro melhores do campeonato, o Brasil está garantido no mundial sub-17, que será realizado no ano que vem, ainda em local indefinido.

"Fizemos uma excelente Copa América, principalmente dentro dos problemas que tivemos de perda de jogadoras importantes. É difícil perder uma partida da forma como aconteceu hoje, mas estou muito orgulhosa das meninas e de tudo que fizeram. Sabíamos que podíamos sair campeãs e faltou muito pouco. A experiência foi válida e com certeza poderemos tirar muito proveito das situações positivas e negativas para a próxima competição dessa geração que é o Campeonato Mundial no próximo ano”, analisou a treinadora Anne Sabatini.

A cestinha da partida foi Izabela Nicoletti com 32 pontos, sete rebotes, cinco assistências e quatro recuperações de bola. A ala/armadora foi ainda a mais eficiente da partida com 23 pontos de valorização. Outros destaques nacionais foram Clarissa Carneiro (13 pontos, dois rebotes, seis assistências e uma recuperação de bola), Emanuely de Oliveira (dez pontos, seis rebotes, duas assistências e duas recuperações de bola) e Obalunanma Ugwu (dez pontos, nove rebotes, uma assistência e uma recuperação de bola). Alyssa Jerome foi escolhida a MVP (melhor jogadora) da competição e a maior pontuadora do time canadense na final, com 17 pontos.

As brasileiras também se destacaram nas estatísticas da Copa América. No ranking de cestinhas, o Brasil teve três jogadoras entre as dez primeiras: Izabela Nicoletti foi segunda (21.4 pontos de média), Obalunanma Ugwu em oitavo (12.4pts) e Clarissa Carneiro em nono (12.0pts). Nos rebotes, Obalunanma Ugwu foi a terceira (11.6 de média) e Geovana Lopes em quarto (10.2). Nas assistências, Clarissa Carneiro ficou em quarto (4.0 de média) e Izabela Nicoletti em quinto (3.6). Nas recuperações de bolas, Izabela Nicoletti foi a terceira (3.4 de média), enquanto nos bloqueios, Emanuely de Oliveira ficou em quarto (1.4 de média)

Além do Brasil, a Copa América classificou as seleções do Canadá, Estados Unidos (bronze) e do México (4º lugar) para o Campeonato Mundial Sub-17 de 2016.o: divulgação/FIBA

0 Comentários