Diretor do Flamengo vê dificuldades em revelar novos talentos olímpicos - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Diretor do Flamengo vê dificuldades em revelar novos talentos olímpicos

Compartilhe

No II Seminário de Gestão do Esporte, que foi realizado em Belo Horizonte, Marcelo Vido, diretor de esportes olímpicos do Flamengo, falou sobre a dificuldade que os clubes brasileiros encontram em descobrir novos talentos nas mais diversas modalidades. Para o dirigente, os problemas mais sérios são naqueles esportes que não são práticados na maioria das escolas do país.

- Dependendo da modalidade, sim, há uma dificuldade em encontrar novos atletas. Hoje em dia, sabemos que o basquete, o vôlei e o handebol são muito praticados nas escolas. Nós temos problemas mais sérios para detectar talento em esportes como remo, nado sincronizado ou polo aquático. Então, você ter um trabalho de ir buscar o perfil desses meninos nas comunidades, escolas, e trazer para o clube e, aí sim, desenvolver, é um desafio muito grande. Diferente um pouquinho do basquete, vôlei e handebol, já que há a prática nas escolas - explicou Marcelo Vido.

O diretor de esportes olímpicos do Flamengo explicou, porém, que o clube da Gávea tem aproveitado o momento do país às vésperas dos Jogos de 2016 para reestruturar as instalações da sede na zona sul do Rio de Janeiro. Marcelo Vido disse que um dos objetivos da diretoria rubro-negra é aumentar o intercâmbio internacional em algumas modalidades. 

- O Flamengo está utilizando o momento olímpico para reestruturar as instalações com equipamentos. O segundo ponto é buscar a excelência no esporte e, em cada modalidade, buscar onde é praticado o melhor do esporte, por exemplo, o remo na Inglaterra e o basquete nos Estados Unidos. E o terceiro ponto é participar de debates com opiniões, colaborações e que, em cada seminário, se saia com recomendações em prol da melhoria do esporte e desenvolvimento do Brasil - concluiu.


Fonte: SporTV.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário