Surto História - A Motonáutica na Olimpíada - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Surto História - A Motonáutica na Olimpíada

Compartilhe
Suposta foto da "disputa" (autor desconhecido)


Você leitor, que está olhando este espaço e gosta de histórias, já sabia que a motonáutica já havia sido um esporte olímpico? Sim, o esporte que é considerado a Fórmula 1 dos mares já esteve presente numa Olimpíada. 

A motonáutica foi um esporte oficial apenas uma vez nos Jogos Olímpicos, em 1908 na primeira vez em que a competição foi sediada em Londres, e também já havia sido um esporte de demonstração em 1900, na edição de Saint Louis. Em 1908, haviam três categorias: de barcos de 6,5 até 8 metros, de até 60 pés e uma categoria aberta.

Mas a parada foi, digamos... pífia. O evento trouxe apenas sete barcos, 13 homens e uma mulher em três classes - o que pode explicar porque ele não sobreviveu além do evento de Londres. Além disso, a competição estava programada para julho daquele ano. Mas, para atender a vontade do Duque de Westminster e também o Lord Howard de Walden, o evento acabou adiado para agosto. Isso "ajudou" muito a diminuir o número de participantes na competição olímpica. Apenas barcos da França e da Grã-Bretanha acabaram comparecendo ao cotejo realizado no Motor Yacht Club de Southampton.

E para piorar, na época do evento, as condições meteorológicas não eram das melhores em Southampton. Os dois dias de competição acabaram sendo atrapalhados por fortes ventos. O primeiro, não deu a menor condição para os pilotos. O 2° dia acabou valendo de verdade. A regra das competições ao menos, era mais simples: quem fosse o primeiro a completar cinco voltas num circuito de 14km, era o medalhista de ouro. E a competição foi tão varzeana, que só tivemos medalhistas de ouro. Nenhum barco chegou a levar prata ou bronze.

O Duque de Westminster Hugh Grosvenor, a grande atração da competição acabou ficando pelo caminho na disputa pelo ouro da Classe A, o barco em que ele estava com outros 3 tripulantes teve problemas e acabaram não completando a prova, e claro, ficaram sem medalhas.

Eis os resultados completos dessa contenda:

CLASSE C (barcos com 6,5m a 8m de tamanho)

OURO - J. Field-Richards/B. Redwood/I. Thornycroft (GBR)
Sem medalha - T. Weston/W. Wright (GBR)

CLASSE B (60-pés de tamanho)

OURO - J. Field-Richards/B. Redwood/I. Thornycroft (GBR)
Sem medalha - J. Gorham (GBR)

CLASSE A (aberta)

OURO - Emile Thubron (FRA)
Sem medalha - A. Fentiman/ T. Scott-Ellis (GBR)
Sem medalha - G. Clowes/Duque de Westminster Hugh Grosvenor/J. Laycock/G. Atkinson (GBR)

Depois desse desastre que foi a competição da Motonáutica em 1908, o esporte desapareceu do programa olímpico. E dificilmente voltará um dia, já que a Carta Olímpica passou a proibir esportes que exigem propulsão a motor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário