Símbolos Olímpicos: O Hino Olímpico - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias


O Hino Olímpico é uma cantata em coral composto por Spyridon Samaras, com letras em grego do poeta Kostis Palamas. Os dois foram escolhas de Demetrius Vikelas, o grego que foi o primeiro presidente do Comitê Olímpico Internacional.

O Hino foi tocado pela primeira vez na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de 1896, em Atenas. Nos anos seguintes todas as nações sedes dos Jogos faziam seu próprio hino para a sua edição da Olimpíada. Isso acoteceu até os Jogos de Roma, em 1960.

O Hino composto para os Jogos de 1896 foi declarado sendo o Hino Oficial dos Jogos Olímpicos pelo COI em 1958, na 55ª sessão em Tóquio (JPN). Desde Roma 1960, vem sendo utilizado nas cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos.

Uma versão em inglês é utilizada nas Olimpíadas em países de língua inglesa. Se não for utilizada nenhuma das versões, o hino é traduzido para a língua que for cantada.  O Hino já foi traduzido em italiano, japonês, espanhol, russo, coreano, catalão e francês Em algumas olímpiadas, como em Sydney e Pequim, o Hino na versão original(a grega) foi utilizado. Em outras edições, como em Munique, foi usada a versão instrumental do hino


Letra do Híno Olímpico em Português:


Oh! arcaico espírito imortal, imaculado pai da
beleza, da grandeza e da veracidade,
desça, se faça presente e faça brilhar aqui e
mais além, na Glória de sua Terra e Céu.

Na corrida, na luta e no arremesso, faça
brilhar o ímpeto das nobres competições,
modelando com aço e dignidade o corpo,
coroando-o com a imperecível rama do louro.

Campos, montanhas e mares se vão contigo tal
como um alvi-rubro magno templo, para o
qual se conduz aqui como seu peregrino, oh!
arcaico espírito imortal, cada nação.




Nenhum comentário:

Postar um comentário