A ascensão e queda de Liu Xiang. - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

                                     Xiang (CHN) comemora o ouro em 2004 


Liu Xiang (CHN), filho de um caminhoneiro em Shanghai, no começo treinou o salto em altura, após ter sido selecionado por uma escola de esportes junior na sua cidade natal quando fazia a quarta série. Mesmo vencendo um campeonato nacional, pediram para Xiang deixar o esporte depois que exames ósseos revelaram que ele não iria crescer o suficiente para ser um bom saltador em altura. O chinês mudou para os 110m com barreiras e, em 2001, se tornou um dos primeiros atletas do país a fazer parte de um programa cientifico do governo para aperfeiçoar as suas técnicas. Em Atenas 2004 todas as suas provas qualificatórias foram gravadas e analisadas imediatamente por uma equipe de cientistas e o relatório era enviado para Xiang e o seu técnico.

Nas provas dos 110m com barreiras, a primeira surpresa veio nas quartas de final, quando o campeão Olímpico de 1996 e o campeão mundial na época, Allen Johnson (USA) acertou duas barreiras e caiu na nona barreira, sendo desqualificado. Xiang ficou em segundo na sua semifinal, sendo batido por Maurice Wignall (JAM). Na largada da final, Xiang e Terrence Trammell (USA), tiveram a melhor largada, mas o chinês com sua técnica mais "limpa" ganhou terreno e venceu a prova com 12,91, igualando o recorde mundial de Colin Jackson (GBR), que já durava 11 anos.

Xiang foi o primeiro chinês a ganhar uma medalha de ouro Olímpica no atletismo. Perguntado como ele gostaria de comemorar a vitória, o chinês respondeu "Karaoke, eu amo Karaoke. É assim que eu comemoro as minhas vitórias". Em 27 de Agosto de 2004, surgiu uma lenda para os chineses.


                             Xiang sentindo a contusão antes da largada de Pequim.

Depois da medalha de ouro, Xiang se tornou imediatamente um enorme sucesso na China. Chegou a ter a "Tríplice Coroa" do atletismo: Campeão Mundial, Olímpico e detentor do Recorde Mundial. E então eis que chegam os Jogos de Pequim, em 2008. Ícone nacional e favorito, frustrou o país inteiro após abandonar a prova, depois que outro corredor queimou a largada, ainda na primeira fase de eliminatórias. O Ninho do Pássaro silenciou-se em um misto de confusão e lágrimas por parte dos milhares de chineses que lotavam o estádio.

De acordo com a Federação Chinesa de Atletismo, Liu vinha sofrendo de uma crônica inflamação no seu Tendão de Aquiles da perna direita nos últimos seis ou sete anos. O atleta comentou a situação, dizendo: "Nós trabalhamos duro todos os dias, mas o resultado foi isso que vocês viram e é uma situação muito difícil de lidar."  18 de Agosto de 2008 foi o dia quem que uma lenda se revelou mortal, pelo menos para os chineses.


Nenhum comentário:

Postar um comentário