Medalhista olímpico e ex-recordista mundial, queniano Wilson Kipsang é suspenso por violações antidoping


Medalhista de bronze em Londres-2012 e ex-recordista mundial da maratona, o queniano Wilson Kipsang foi suspenso provisoriamente pela Unidade de Integridade do Atletismo (AIU), sob acusações de "falhas de paradeiro" e "adulteração", consideradas violações das regras antidoping da World Athletics. O anúncio foi feito pela própria AIU no último dia 10. 

Em uma publicação no Facebook, a VolareSports Running, empresa que gere a carreira de Kipsang, informou que foi notificada sobre a suspensão de seu atleta e alegou que não há qualquer uso de doping, já que nenhuma substância proibida foi encontrada.

"A acusação referente à suposta tentativa de adulteração (artigo 2.5) diz respeito a uma explicação fornecida no processo de gerenciamento de resultados referente a uma possível falha do paradeiro e não diz respeito à adulteração de um teste de doping", afirmou a defesa no texto.

A empresa ainda disse que não vai se manifestar mais sobre o atleta enquanto o caso estiver em investigação. O tempo é incerto, já que ele está proibido de competir até que sua audiência seja realizada.

Com 37 anos de idade, Kipsang é um dos principais maratonistas do mundo. Ele possui o 6º melhor tempo da história, com 2h03min13s feito na Maratona de Berlim em 2013. Tóquio, Londres e Nova York também já foram palcos das vitórias do queniano.

Kipsang se junta a uma lista crescente de corredores quenianos envolvidos com escândalos de doping. Atualmente, quase 50 atletas do país estão banidos ou suspensos provisoriamente. 

Jemima Sumgong (medalha de ouro na maratona da Rio-2016), Asbel Kiprop (tricampeão mundial e medalha de ouro nos 1.500m na Rio-2016) e Sammy Kiprop Kitwara (campeã mundial da meia-maratona), são alguns dos principais quenianos suspensos. 

Com a perda de credibilidade do Quênia após os inúmeros casos de doping, a federação de atletismo do país, a Kenya Athletics, chegou a organizar, em conjunto com a AIU, uma conferência para lidar com questões antidoping. Kipsang foi um dos atletas que marcou presença no evento realizado em dezembro de 2019.

Foto: AFP

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes