Manifesto Olímpico escrito por Pierre de Coubertin é leiloado por quase 9 milhões de dólares




O Manifesto Olímpico, um documento de 1892 que descreve o renascimento do Jogos Olímpicos Modernos, foi vendido por 8,8 milhões de dólares em um leilão realizado nesta semana.

A expectativa era de que a escritura fosse vendida por cerca de 1 milhão de dólares, mas os organizadores foram surpreendidos com tamanho interesse dos compradores. O leilão durou cerca de 12 minutos numa disputa acirrada de propostas.

De acordo com a Sotheby's, que organizou o leilão, este é o preço mais alto já pago em qualquer item de cunho esportivo, quebrando a venda de uma camiseta do jogador de beisebol Babe Ruth, do New York Yankees, que havia sido leiloada por U$ 5,4 milhões.

Uma das passagens do manifesto diz: 

“Quem viu 30.000 pessoas na chuva para assistir a uma partida de futebol não vai pensar que estou exagerando. Vamos exportar remadores, corredores e esgrimistas; este é o livre comércio do futuro e, no dia em que for introduzido na existência cotidiana da velha Europa, a causa da paz receberá um apoio novo e poderoso. (...) Espero que você me ajude como me ajudou até agora e que, com você, poderei continuar e realizar, em uma base apropriada às condições da vida moderna, este trabalho grandioso e benéfico: o restabelecimento de Jogos Olímpicos."

Pierre de Coubertin foi quem escreveu as 14 páginas do manifesto, com o intuito de proferir um discurso, em 1892. Tamanha a importância do documento, dois anos mais tarde, o francês fundou o Comitê Olímpico Internacional (COI) e, em 1896, foi o grande responsável pela organização da primeira Olimpíada da era moderna em Atenas.

Foto: Reprodução/Sotheby's

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes