Primeira seleção brasileira feminina de beach soccer participa dos Jogos Mundiais de Praia, no Catar


Brasil contará com uma participação especial nos primeiros Jogos Mundiais de Praia, em Doha. Pela primeira vez na história do esporte nacional, uma seleção brasileira feminina de beach soccer participará de uma competição internacional. A equipe formada por dez jogadoras se juntará a outros 67 atletas de oito modalidades, que compõem a delegação organizada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB). As partidas acontecem entre os dias 11 e 16 de outubro. Além do beach soccer, o Brasil terá representantes no basquete 3x3, beach tennis, beach wrestling, vela (Classe Fórmula Kite), handebol de praia, maratonas aquáticas, vôlei de praia 4x4 e wakeboard.

“Estamos muito felizes com a presença da primeira seleção feminina de beach soccer da história dentro de uma delegação do COB. É motivo de celebração para o esporte nacional e vai de encontro com os princípios de igualdade de gêneros que o Movimento Olímpico vem pregando. Oferecemos a elas todo o suporte para que consigam obter um bom desempenho em Doha e possam se manter motivadas para seguir evoluindo e conquistando mais espaço a cada dia”, afirmou Mariana Mello, chefe da Missão Brasileira nos Jogos Mundiais de Praia.

Entre as convocadas, os destaques são: a capitã Jasna Nagel, uma das mais experientes do time e com passagem pela Seleção Brasileira de campo; a defensora Bárbara Colodetti, primeira estrangeira a ter atuado no Campeonato Russo, um dos mais fortes do mundo, onde foi campeã; e a atacante Adriele, da cidade de Tutóia, interior do Maranhão, eleita a terceira melhor jogadora do mundo em 2018.

“É um momento de grande importância. Esse projeto da seleção feminina está para acontecer há muitos anos, mas nunca houve incentivo. Agora que temos o apoio, é importante que a gente mostre o nosso valor, não só dentro de campo, para isso não parar aqui. Para mim, é uma honra estar na seleção, ser a capitã e representar essas meninas”, comentou Jasna Nagel, 36 anos, do Flamengo. 

Pioneiras da modalidade, as jogadoras da seleção se dividem entre clubes brasileiros e estrangeiros. Nove das dez convocadas atuam em times da Europa durante a temporada de verão do continente. 

“Hoje somos pioneiras e podemos ser referências para as meninas que querem ingressar na modalidade. Isso é fundamental para o desenvolvimento do esporte. É uma alegria muito grande fazer parte desse momento histórico”, afirmou Bárbara, que começou no beach soccer aos 13 anos. 

O Brasil está no Grupo A dos Jogos Mundiais de Praia, ao lado de Cabo Verde, México e Espanha. No Grupo B estão Grã-Bretanha, Rússia, EUA e Paraguai. Os dois melhores de cada chave avançam às semifinais, que serão disputadas no dia 15/10. A final é no dia 16/10.

Realizados pela Associação dos Comitês Olímpicos Nacionais (ANOC), os Jogos Mundiais de Praia reunirão mais de 1200 atletas de 97 países. Capital do Catar, Doha vem se notabilizando por sediar grandes eventos esportivos. Somente no último ano foram 51 competições internacionais. Em 2022, o país abrigará a Copa do Mundo masculina de futebol.

Foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes