Mundial de Atletismo 2019 - Dia 7


Darlan Romani foi o único brasileiro a entrar em ação no sétimo dia de competições em Doha. Pela qualificatória do arremesso de peso, Romani precisou apenas de uma tentativa para conseguir a classificação para a final, com a marca de 21.69.

Quatro finais foram disputadas. Na final feminina do arremesso de peso, o ouro ficou com a chinesa Lijiao Gong, com a marca de 19.55, oito centímetros à frente da jamaicana Danniel Thomas-Dood, que ficou com a prata, com a alemã Christina Schwanitz (19.17) ficando com o bronze.

A final feminina dos 400m rasos foi em altíssimo nível, com as cinco primeiras colocadas fazendo suas melhores marcas na carreira. O ouro ficou com Salwa Eid Naser (BRN) com o tempo de 48.14, seguida de Shaunae Miller-Uibo (48.37) e da jamaicana Shericka Jakcson (49.47).

Chegaram ao fim das provas do heptatlo e decatlo. No heptatlo, o ouro ficou com a britânica Katarina Johnson-Thompson, que somou um total de 6.981 pontos. A prata ficou com a belga Nafissatou Thiam com 6.677 pontos e o bronze com a austríaca Verena Preiner com 6.560 pontos. No decatlo, o ouro ficou com o alemão Niklas Kaul, que somou um total de 8.691, com a prata ficando para o estoniano Maicel Uibo com 8.604 pontos e o bronze ficando para o canadense Damian Warner com 8.529 pontos.

Após duas apelações da Federação Espanhola de Atletismo junto à IAAF, a organização decidiu dar a medalha de bronze da prova dos 110m com barreiras ao espanhol Orlando Ortega, já que a entidade entendeu que o jamaicano Omar McLeod atrapalhou de forma decisiva ao espanhol, impedindo assim de cruzar a linha de chegada entre os três primeiros colocados.

Foto: Wagner Carmo/CBAt

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes