COB disponibiliza Lista de substâncias e métodos Proibidos pela Agência Mundial Antidoping


O Comitê Olímpico do Brasil (COB) disponibilizou em seu site oficial a lista atualizada de substâncias e métodos proibidos pela Agência Mundial Antidoping (WADA). 

O documento, que foi publicado em 1° de outubro pela WADA e passa a vigorar no primeiro dia de 2020, está disponível no link: https://bit.ly/2AE0YuH

"A lista revisada é lançada com três meses de antecedência para que todos conheçam e façam os ajustes necessários. Participamos das fases de consulta ao longo do ano e preparamos a tradução para que os nossos atletas tivessem acesso ao documento em português logo que fosse lançado", explicou Christian Trajano, gerente da área de Educação e Prevenção ao Doping do COB.

Para uma substância ou método ser incluído na lista, é preciso que atenda a dois dos três critérios a seguir: incrementar a performance dos atletas; representar um risco à saúde deles; e violar as normas do espírito esportivo.

O papel do COB em relação ao doping é o de orientar e educar os atletas para prevenir essa ameaça. Por isso, em outubro de 2018, a entidade implementou a área de Educação e Prevenção ao Doping, liderada por Trajano, que também é médico e ex-diretor técnico da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD).

"Oferecemos conteúdo educativo, vídeos e uma extensa lista de perguntas frequentes no site do COB. Estaremos ao lado dos nossos atletas para que adquiram conhecimento sobre o tema, de forma simples e com conteúdo acessível. Só há prevenção por meio da educação, e a proteção dos atletas é o que nos move", finalizou Trajano.

Foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes