Resumão do Parapan 2019 - Dia 6







Basquete em cadeira de rodas




No feminino, Brasil disputou a semifinal contra o Canadá e foi derrotado por 61 a 40 e com isso deu adeus às chances de conseguir a vaga para Tóquio - só os finalistas do torneio feminino- Canadá e Estados Unidos - se classificaram para as Paralimpíadas. Vileide foi a cestinha brasileira com 11 pontos. Brasil agora enfrenta a Argentina na disputa do bronze na sexta (30)

No masculino, o Brasil terminou em quinto lugar após vencer Porto Rico por 68 a 51.

           




Bocha




VEJA TAMBÉM -  Guia Parapan 2019 - Bocha

A Bocha estreou no Parapan com as disputas das competições individuais. Na na categoria BC1, José Carlos Oliveira perdeu para Edoardo Ventura (MEX) por 4 a 1 e está em segundo no grupo A. Guilherme Moraes também está em segundo no grupo B, com uma vitória e uma derrota.

No grupo BC2, Maciel Santos venceu sua partida e é o líder do grupo A. Natali de Faria perdeu seu jogo e está em segundo no grupo D. No BC3, Evelyn Oliveira e Antônio Leme venceram seus jogos e estão em primeiro e segundo em seus grupos, A e D, respectivamente.

No BC4, Eliseu dos Santos lidera o grupo C com duas vitórias com Marcelo dos Santos em segundo. Ercileide Laurinda também venceu suas duas partidas no grupo D e está em segundo. Na sexta (30) teremos as definições dos classificados para as fase eliminatórias.






Futebol de 5



O Brasil derrotou o Peru por 5 a 0 - gols de Ricardinho (2), Jardiel, Jefinho e Maicon Júnior - e se garantiu na final, que será contra a Argentina, que venceu a Colômbia por 1 a 0. A partida será nessa sexta (30)





Futebol de 7





Por conta das goleadas dos Estados Unidos (10 a 0) e da Argentina (7 a 0 na Colômbia) O Brasil precisava golear a Venezuela por no mínimo 11 gols para se garantir na final e fez com maestria: 15 a 0. Bira foi o artilheiro do Brasil com quatro gols. Agora, os brasileiros pegam os argentinos na fina, no sábado (31)




Goalball





O Brasil se garantiu na final do torneio masculino, vencendo a Venezuela por 11 a 1. Leomon Moreno foi o artilheiro com oito gols. Agora os brasileiros pegam os americanos na final no sábado (31).

No feminino, O Brasil venceu o México por a 11 a 2 - destaque para os quatro gols de Ana Carolina - terminando a primeira fase a segunda colocação. Com isso, as brasileiras enfrentamo Canadá na semifinal, nessa sexta (30).




Levantamento de Peso




VEJA TAMBÉM - Guia Parapan 2019 - Levantamento de peso

O Levantamento de peso brasileiro faturou seis medalhas no primeiro dia de disputas em Lima. Foram três ouros, uma prata e dois bronzes. 

O primeiro ouro veio logo na primeira prova com João França Júnior, na categoria até 49 Kg masculina. João ainda quebrou o recorde parapan-americano, com a marca de 148 kg.E ainda a medalha de ouro de João foi a de número 200 do Brasil no Parapan. Lucas dos Santos ficou com o bronze na mesma prova.

Maria Luzinaide também foi ouro na categoria até 50Kg feminino e também bateu o recorde parapan-americano, com 88 kg. O terceiro ouro ficou com Bruno Carra na categoria 54kg masculina, e também quebra de recorde parapan-americano, 163 kg.

Lara Aparecida ficou com a prata na categoria combinada 41 e 45kg feminino e Rene Souza ficou com o bronze na categoria até 55kg. As disputas do levantamento de peso continuam amanhã (30).




Natação





A Natação brasileira conquistou incríveis 21 medalhas no dia de hoje, em um show de dobradinhas. A primeira do dia foi na sessão da manhã com os 200m medley S9 masculino, com Lucas Mozela levando ouro e Ruiter Silva, a prata. Depois veio a dobradinha de Carol Santiago e Lucilene Sousa nos 400m livre feminino S12/S13.

Na sessão da noite, mais três dobradinhas: Joana Neves e Esthefany Oliveira nos 50m borboleta S1-S5; Wendell Belarmino e Matheus Rheine nos 50m livre S11 e mais uma vez Carol Santiago e Lucilene Sousa, agora nos 50m livre S12.

Douglas Matera levou o ouro e Guilherme Silva o Bronze nos 400m livre S12/13; Talisson Glock levou a prata nos 100m costas S6; Daniel Dias conquistou a trigésima segunda medalha em parapans com o ouro nos 50m borboleta S5; Regiane Nunes foi prata nos 50m livre S11, e Phelipe Rodrigues levou mais um ouro, nos 50m borboleta S10. Thomaz Matera conquistou mais um ouro nos 50m livre S12.

Ainda tivemos um pódio 100% brasileiro na última prova do dia, com Carlos Farrenberg, Douglas Matera e Guilherme Silva com ouro, prata e bronze nos 50m livre S13. A natação já chega a incríveis 88 medalhas, faltando ainda dois dias de eventos.




Parabadminton




VEJA TAMBÉM  -  Guia Parapan 2019 - Parabadminton

O Brasil teve bons resultados na estreia do parabadminton em Lima. Na classe SH3, Leonardo Zoffi precisa de uma vitória para avançar em primeiro nas quartas de final enquanto Renan rosso acabou eliminado com duas derrotas.

No SL4, Rogério Oliveira venceu seus dois jogos e se garantiu na próxima fase. No SU5, Eduardo Oliveira e Ricardo Cavalli venceram os seus jogos e estão bem cotados para as semifinais. No SS6 Vitor Tavares venceu seu jogo e ta´bem encaminhou a vaga para a semifinais.

Entre as mulheres, Daniele Souza fechou sua participação na primeira fase de WH2 com uma vitória e uma derrota e depende de resultados para avançar às semifinais. na SU5, Mikaela venceu seu primeiro jogo e lidera o único grupo da categoria.

Nas Duplas masculinas WH1 e WH2, as duplas Julio Godoy e Marcelo Conceição e Rodolfo Cano e Rômulo soares venceram a primeira partida em seus grupos e lideram. Nas duplas mistas SU3-5, Ricardo Cavalli e Abinaécia Silva venceram uma e perderam outra e estão em terceiro. Já Mikaela Almeida Renan Rosso perderam suas duas partidas e se veem em situação difícil no campeonato, na última posição.





Tênis em Cadeira de rodas





O Brasil ficará sem medalhas na competição de duplas. Tanto Meirycoll Duval e Rejane Cândida e Gustavo Carneiro e Daniel Rodrigues saíram derrotados na disputa do bronze. Meirycoll e Rejane perderam para Maria Moreno/Nicole Dhers (ARG) por 2 sets a 0 (6/0 e 7/5) enquanto Gustavo e Daniel perderam para Alexander Cataldo/Diego Perez (CHI) também por 2 sets a 0 (duplo 6/3). Amanhã teremos as disputas de medalha dos torneios de simples.



Com 222 medalhas, o Brasil parece inalcançável no primeiro lugar de quadro medalhas, faltando três dias para o fim dos jogos Parapan-americanos. No top 5 as posições também parecem estar definidas, com todas as nações com boas vantagens. Confira abaixo:



foto: Douglas Magno, Washington Alves, Ale Cabral e Daniel Zappe /Exemplus/CPB

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes