Resumão do Pan de Lima 2019 - Último dia






Atletismo




O atletismo encerrou sua participação com a marcha atlética de 50km e o Brasil bateu na trave em ambos. No masculino, Caio Bonfim terminou em quarto e no feminino, Viviane Lyra terminou em quarto e Elianay Santana terminou em quinto. O tempo de Viviane passou a ser o novo recorde brasileiro na prova.





Caratê




O caratê brasileiro faturou três medalhas no último dia em Lima. Na categoria até 75 kg, Hernani Verísismo foi prata, após perder na final para Thomas Scott (USA). Na categoria até 60kg, Douglas Brose  também foi prata após perder para Joaquin Gonzalez Lavin (CHI) e Vinícius Figueira ficou com o bronze após perder para Camilo Velozo (CHI) nas semifinais na categoria até 67kg. Gabriella Sepe ficou na fase de grupos na categoria até 68kg, perdendo todos os combates.

O Caratê sua participação no Pan com um ouro, duas pratas e quatro bronzes.




Ciclismo BMX Freestyle




No feminino, Derlayne Dias terminou em sétimo lugar. o ouro ficou com Hannah Roberts (USA). No masculino, Cauan Madona ficou em sexto lugar. O ouro ficou com Daniel Dhers (VEN).




Golfe




No feminino, Nina Rissi terminou em décimo sétimo e Luiza Althemann, em vigésimo terceiro. Emilia Migliaccio (USA) levou o ouro. No masculino, Alexandre Nardy ficou em décimo sétimo e Adilson da Silva ficou em vigésimo. O ouro ficou com Fabricio Zanotti (PAR), que conseguiu o primeiro ouro da história do Paraguai em jogos Pan-americanos. Nas equipes mistas, o Brasil ficou em sexto lugar. A Colômbia ficou com o ouro.




Judô





O judô brasileiro fechou sua participação em Lima com mais três medalhas. Mayra Aguiar confirmou o favoritismo e levou o ouro na categoria até 78kg com direito a ippon na final contra Kailema Antomarchi (CUB). Beatriz Souza ficou com o bronze na categoria  + de 78kg e David Moura também ficou com o bronze na categoria + de 100kg 

O Judô brasileiro encerra sua participação com cinco medalhas de ouro, uma de prata e quatro de bronze, um pouco abaixo das medalhas conquistadas em Toronto 2015. A proximidade do mundial de judô, que será no fim do mês no Japão, fez a CBJ optar por uma equipe mista para o Pan.



Tiro com arco




O Brasil disputou o bronze no arco recurvo por equipes feminina, mas foi derrotada pela Colômbia, ficando sem medalha. Na semifinal brasileira, Marcus Vinícius D'Almeida derrotou Bernardo Oliveira e foi para final. Bernardo foi derrotado na disputa do bronze e Marcus Vinícius perdeu para Natanie Duenas (CAN) por 5 a 3 e ficou com a prata e com o ouro dos Estados Unidos nas equipes mistas abrindo uma vaga para o individual, o Brasileiro se garantiu em Tóquio 2020.





Vôlei




A Seleção feminina de vôlei deu mais um vexame, sendo derrotada pela Argentina por 3 sets a 0 na disputa do bronze. Desde o Pan de Santo Domingo em 2003 que o Brasil mão conseguia medalha no vôlei feminino. O ouro ficou com a República Dominicana que derrotou a Colômbia por 3 sets a 1. 


O Brasil atingiu o seu objetivo e conseguiu o segundo lugar no quadro de medalhas, algo que só tinha acontecido nos Jogos Pan-americanos de São Paulo em 1963, com 171 medalhas. Confira como ficou o top 5 dos Jogos Pan-americanos de Lima:




fotos: Wander Roberto, Washington Alves e Jonne Roriz/ COB e Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes