Calor causa morte de trabalhador nas obras para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020


57 pessoas morreram durante uma canícula entre 29 de julho e 4 de agosto no Japão, inclusive um homem que trabalhava em um local de construção dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. Outras 18.347 pessoas foram levadas para o hospital nestes dias, segundo a NHK.

Um homem de 50 anos foi encontrado desmaiado no chão na semana passada ao lado de fora do Tokyo Big Sight, que é um local que está sendo renovado para ser o centro de mídia dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. Ele estava instalando cabos elétricos e teria ficado inconsciente com o calor. Ele foi levado ao hospital mas não resistiu.

As temperaturas no Japão estão acima de 31 graus desde 24 de Julho, incluindo uma alta recorde de 41.1 graus. O Governo Metropolitano de Tóquio está instalando na cidade várias medidas na tentativa de diminuir as temperaturas altas. 

Organizadores estão considerando deixar os torcedores entrarem com suas próprias garrafas d'água, apesar de pressões de patrocinadores e medos de segurança. No evento-teste do Vôlei de Praia em Tóquio, LINK, os organizadores distribuíram sprays e instalaram barracas de ar-condicionado. 

A organização de Tóquio-2020 declarou que "gostaríamos de oferecer nossas condolências para a família e amigos do homem falecido. Enquanto a causa precisa da morte permanece desconhecida atualmente, a polícia local confirmou que não é necessário seguir adiante uma investigação criminal".

"Hoje, nós instruímos todas empresas de construção sob contrato com Tóquio-2020 para garantir que eles implementem e supervisionem todas medidas de saúde e segurança apropriadas em seus locais de trabalho. Nós continuaremos a pedir a elas que garantam segurança em todas suas operações para evitar possíveis acidentes".


Foto: AFP

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes