Mundial de Esportes Aquáticos 2019 - Dia 3


O destaque brasileiro no 3º dia do Mundial de Esportes Aquáticos, que está sendo realizado em Gwangju (KOR) foi a classificação de Ana Marcela Cunha na Maratona Aquática para Tóquio 2020.

MARATONA AQUÁTICA
A brasileira Ana Marcela Cunha carimbou, na manhã deste domingo (14.07) na Coreia do Sul, noite de sábado (13.07), no Brasil, o passaporte para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. A vaga foi conquistada em uma prova marcada por uma chegada emocionante no Mundial de Desportos Aquáticos de Gwangju, e veio com o quinto lugar nos 10km das maratonas aquáticas, única prova olímpica da modalidade.

Com o tempo de 1h54min50s5, Ana Marcela ficou a seis décimos de segundo da medalha de bronze e com o mesmo tempo da sexta e da sétima colocadas. A segunda brasileira na disputa, Viviane Jungblut, terminou em 12º, a oito décimos de segundo da vaga olímpica.

As dez primeiras colocadas na prova garantiram a classificação para Olimpíadas do Japão. O Mundial é a única chance que uma nação tem para garantir dois atletas em Tóquio 2020. Se um país tiver assegurado uma das vagas em jogo na Coreia, ele não pode mais classificar uma segunda atleta na próxima seletiva olímpica, Assim, Viviane está fora dos Jogos de Tóquio e o Brasil terá apenas Ana Marcela na disputa no feminino.

A campeã foi a chinesa Xin Xin, que assumiu a liderança nos últimos 200 metros e cruzou a linha de chegada com o tempo de 1h54min47.

NADO SINCRONIZADO
A Rússia, com a dupla Svetlana Kolesnichenko/Svetlana Romashina, ganhou o ouro no Dueto Técnico com um total de 95.9010 pontos.

Na fase preliminar do Grupo Técnico, a Rússia foi a melhor com 96.2253 pontos. O Brasil ficou em 15º lugar, com 80.6196 pontos e não se classificou para a final, já que apenas 12 avançavam.

SALTOS ORNAMENTAIS
Wang Zongyuan (CHN) foi o vencedor da prova do Trampolim de 1m, com um total de 440.25 pontos. Já a Plataforma Sincronizada feminina de 10m foi conquistada também pela China, com a dupla Lu Wei/Zhang Jiaqi, com 345.24 pontos.

QUADRO DE MEDALHAS
A China segue disparada na liderança, com 5 ouros e um bronze. México está em segundo com uma prata e dois bronzes e os Estados Unidos com 1 prata e 1 bronze.

Foto: Sátiro Sodré/Rede do Esporte

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes