Era Uma Vez...os XXII Jogos Olímpicos de Inverno: Sochi 2014

A cidade russa de Sochi foi escolhida como sede dos jogos de 2014 em 2007, derrotando as cidades de PyeongChang(KOR) e Salzburg(AUT). Essa foi a primeira olimpíada na Rússia após o fim da União Soviética em 1991. Os jogos de Sochi foram os mais caros da história- custaram aproximadamente 51 bilhões de dólares, pois o presidente russo Vladmir Putin queria mostrar todo o esplendor russo ao mundo. Sochi foi a única cidade que criou um parque olímpico nos jogos de inverno e também foi a cidade mais quente a hospedar os jogos de inverno - a cidade tem a temperatura média de 8 graus no mês de fevereiro.

Um total de 98 eventos em 15 disciplinas esportivas de inverno foram realizados durante os Jogos. Uma série de novas competições de um total de 12 respondendo por gênero foram realizadas durante os Jogos, incluindo o revezamento misto do biatlo, o  salto em esqui feminino , competição mista por equipes de patinação artística , equipes mistas de luge , esqui half-pipe , esqui e snowboard slopestyle, e slalom paralelo no snowboard . 

Os eventos foram realizados em torno de dois conjuntos de novos locais: um parque olímpico construído no vale de Imeretinsky de Sochi, na costa do Mar Negro , com o Estádio Olímpico de Fisht e os outros locais dos Jogos, localizados a uma curta distância, e eventos de neve no povoado do resort de Krasnaya Polyana .

88 paises participaram dos jogos, um novo recorde.  Dominica , Malta , Paraguai , Timor-Leste , Togo , Tonga e Zimbabwe foram as nações estreantes. O Brasil levou treze atletas em sete esportes, a maior delegação da história brasileira em jogos de inverno.

Os jogos tiveram algumas polêmicas envolvendo a segurança dos altetas e de espectadores LGBT, já que a rússia é extramente rígida com esse grupo, mas a maior polêmica foi descoberta depois, em 2017, com o relatório de um doping sistemático russo entre os anos de 2011 e 2015, que fez o COI cassar diversas medalhas russas nos Jogos de Sochi, o que ocasionou na suspensão do comitê olímpico russo dos jogos de PyeongChang em 2018.

O parque olímpico continua a ser usado, com um grande prêmio de F1 sendo realizado anualmente no parque, além do estádio de Fisht, que será usado na Copa do mundo de 2018.


Fatos

- A patinadora em velocidade holandesa Ireen Wust foi a maior medalhista em Sochi, com 2 de ouro e 3 de prata;

- Ole Einar Bjorndale (NOR) se tornou o maior medalhista da história dos jogos de inverno, com 13 láureas; Marit Bjorgen (NOR) conquistou três medalhas e com 10 medalhas olímpicas na carreira, igualou Raisa Smetanina e Stefania Belmondo como as maiores medalhistas femininas da história dos jogos de inverno.

- No esqui Alpino, Mikaela Schiffrin (USA) foi a medalhista mais jovem da história do esqui - 18 anos e 345 dias; Bode Miller (USA) foi ouro no super-G e se tornou o mais velho da historia do esqui alpino a conquistar uma medalha 36 anos e 127 dias.

- Ayumu Hirano (JPN) , com 15 anos e 73 dias, tornou-se o mais jovem medalhista da neve na história dos Jogos, quando ganhou a medalha de prata na competição de snowboard half-pipe.

- Albert Demchenko (RUS) e o saltador Noriaki Kasai (JPN) , ambos na faixa dos quarenta anos, competiram em sua sétima edição dos Jogos, ambos ganhando duas medalhas em Sochi. Kasai também igualou o recorde pelo maior intervalo entre duas medalhas (prata): 20 anos!

- Pela primeira vez em patinação artística, a barreira de 100 pontos foi quebrada em um programa curto, por Yuzuru Hanyu(JPN)  (101.45), que ganhou a medalha de ouro.

- Medalhista de bronze em 1994, prata em 1998, ouro em 2002 e 2006 e bronze em 2010 e 2014, o luger Armin Zöggeler (ITA) tornou-se o primeiro atleta a ganhar seis medalhas consecutivas em seis edições dos Jogos de Inverno.

Quadro de medalhas dos Jogos de Sochi - atualizado em 1/1/2018 com as medalhas russas cassadas



Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes