Era Uma Vez... os XVIII Jogos Olímpicos de Inverno: Nagano 1998

Nagano 1998

Período - 7 a 22/02/1998
Nações - 72
Atletas - 2176
Esportes -14
Eventos - 68





Os Jogos Olímpicos de Inverno retornavam ao Japão após 26 anos desde a primeira vez, em Sapporo, no ano de 1972. A sede escolhida foi Nagano, que venceu a disputa de sede contra Salt Lake City, dos Estados Unidos.

O Brasil novamente enviou apenas um atleta aos Jogos: em 1998, Marcelo Apovian disputou a prova  Super-G, do Esqui Alpino, terminando na 37ª colocação, até então, a melhor participação de um brasileiro em Olimpíadas de Inverno.

Em 1998, a Rússia começava a sentir os efeitos do fim da União Soviética, terminando fora da liderança no quadro de medalhas. Os russos ficaram em 3°, atrás de Noruega e a grande campeã, a Alemanha, que terminou com 12 ouros, 9 pratas e 8 bronzes.

FATOS:

- Tara Lipinski, de apenas 15 anos de idade, foi a grande campeã da Patinação Artística naquele ano, e se tornou a mais jovem atleta campeã olímpica até o momento. A atleta se retirou da patinação competitiva precocemente, logo após os Jogos, por conta de uma infecção glandular, e passou a trabalhar profissionalmente.

- Bjorn Daehlie bateu o recorde de medalhas conquistadas por um atleta em Jogos de Inverno na edição de Nagano: saiu de lá com mais 3 ouros e 1 prata na bagagem, o que deu 8 ouros e 12 medalhas no total para o atleta norueguês do esqui cross country. Do cross country também veio a maior medalhista daqueles Jogos: Larissa Lazutina, da Rússia, detentora de 3 ouros, 1 prata e 1 bronze, medalhando em todas as provas possíveis.

- A NHL (liga profissional norte-americana de hóquei no gelo) permitiu pela primeira vez a participação de atletas da competição nos Jogos Olímpicos. E pela primeira vez, houve um torneio de hóquei no gelo para as mulheres. A República Tcheca surpreendeu e venceu entre os homens

- Dois esportes de grande apelo finalmente entraram no programa dos Jogos Olímpicos: o snowboard, que possuía apelo graças aos eventos de esportes radicais; e o curling, que estava desde a primeira edição dos Jogos, em 1924, fora do calendário olímpico.

- O espírito dos Jogos foi exemplificado pelo esquiador alpino Hermann Maier da Áustria. Ele tomou uma queda espetacular no declive, voando da inclinação a 120 km / h e permanecendo remanescente por mais de 3,5 segundos. Ele corajosamente se recuperou para ganhar medalhas de ouro tanto no super-G quanto no slalom gigante.

- Os patinadores de velocidade Gianni Romme e Marianne Timmer ganharam duas medalhas de ouro para a Holandas; 5 dos 10 títulos em patinação de velocidade foram para a Holanda.
- O Snowboarder Ross Rebagliati do Canadá ganhou a medalha de ouro, depois de ser inicialmente desqualificado pelo teste positivo para a maconha
.
- O Azerbaijão, o Quênia, a República da Macedônia, o Uruguai e a Venezuela fizeram sua primeira aparição nos Jogos Olímpicos de Inverno.

- A Dinamarca ganhou sua primeira medalha olímpica de inverno (e apenas uma até à data) quando ganharam uma medalha de prata no evento de curling feminino.

- A Austrália ganhou sua primeira medalha olímpica individual de inverno quando Zali Steggall ganhou bronze no slalom feminino.

Confira o quadro completo de medalhas, logo abaixo:

 Ordem  País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze GoldSilverBronze medals.svg
1 Alemanha Alemanha 12 9 8 29
2 Noruega Noruega 10 10 5 25
3 Rússia Rússia 9 6 3 18
4 Canadá Canadá 6 5 4 15
5 Estados Unidos Estados Unidos 6 3 4 13
6 Países Baixos Holanda 5 4 2 11
7 Japão Japão 5 1 4 10
8 Áustria Áustria 3 5 9 17
9 Coreia do Sul Coreia do Sul 3 1 2 6
10 Itália Itália 2 6 2 10
11 Finlândia Finlândia 2 4 6 12
12 Suíça Suíça 2 2 3 7
13 França França 2 1 5 8
14 República Checa República Tcheca 1 1 1 3
15 Bulgária Bulgária 1 1
16 China China 6 2 8
17 Suécia Suécia 2 1 3
18 Dinamarca Dinamarca 1 1
18 Ucrânia Ucrânia 1 1
20 Bielorrússia Bielorrússia 2 2
20 Cazaquistão Cazaquistão 2 2
22 Austrália Austrália 1 1
22 Bélgica Bélgica 1 1
22 Grã-Bretanha Grã-Bretanha 1 1
TOTAL 69 68 68 205

 Fonte: Wikipédia



Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes