Era Uma Vez...Os Jogos da XXIX Olimpíada

Pequim 2008

Período - 08/08 a 24/08/2008
Nações - 204
Atletas - 10.900
Esportes - 28
Eventos - 302

Na sua tentativa de levar as Olimpíadas para a nação mais populosa do mundo, o COI enfrentou o problema de que o governo chinês era um dos mais repressivos do mundo. Apesar de apenas 5% da população chinesa fazer parte do PCC (Partido Comunista Chinês), o Partido controlava toda a midia e punia os dissidentes que defendiam a liberdade de expressão e a democracia. Os lideres do PCC  prometeram ao COI que eles seriam mais abertos, mas assim que assinaram o contrato para sediar os Jogos, o governo pegou ainda mais pesado com os seus inimigos do que antes.

Apesar do COI parecer sem forças para reagir, as entidades de direitos humanos usaram o Revezamento da Tocha Olímpica para protestar contra os métodos repressivos chineses e muitos comentaristas estrangeiros achavam erroneamente que a China estava se abrindo para o mundo, mas na verdade a meta primária do governo era impressionar os chineses, mostrando que ele poderia dar um grande espetáculo, ganhar muitas medalhas de ouro e provar que os lideres das nações mais importantes do mundo reconheciam o PCC como o legitimo governo chinês.

Os Eventos do hipismo foram em Hong Kong, e essa foi a terceira vez que os Jogos foram realizados por dois comitês nacionais. As outras foram em 1956 e 1920. No fim, a  China cumpriu seus objetivos como sede dos Jogos Olímpicos de Pequim. Grande potência emergente, o país tradicionalmente fechado abriu suas portas para turistas de todo o mundo e mostrou que também sabe ser moderno.


O Brasil nos Jogos Olímpicos 

O Brasil participou com 277 atletas, em 28 esportes: Atletismo, Basquete, Boxe, Canoagem, Ciclismo,  Esgrima, Futebol, Ginástica Artística, Ginástica Rítmica Desportiva, Handebol, Hipismo, Iatismo, Judô,  Levantamento de Peso, Luta, Nado Sincronizado, Natação, Pentatlo Moderno, Remo, Saltos Ornamentais, Taekwondo, Tênis, Tênis de Mesa, Tiro com Arco, Tiro Esportivo, Triatlo, Vôlei e Vôlei de Praia.

Em Pequim, o Brasil ganhou quinze medalhas: Ouro com Cesar Cielo (Natação - 50m livres,a primeira medalha de ouro da natação), Maurren Maggi (Atletismo - Salto em Distância primeira medalha de ouro individual feminina) e Vôlei Feminino; Prata com Futebol Feminino, Vôlei Masculino, Robert Scheidt/Bruno Prada (Iatismo - Classe Star) e Marcio/Fábio Luiz (Vôlei de Praia) e Bronze com Flávio Canto (Judô - 81kg), Leandro Guilheiro (Judô - 73kg), Ketleyn Quadros (Judô - 57 kg, primeira medalha do judô feminino brasileiro), Cesar Cielo (Natação - 100m livres), Fernanda Oliveira/Isabel Swan (Iatismo - Classo 470 F), Ricardo/Emanuel (Vôlei de Praia), Natalia Falavigna (Taekwondo - 67kg) e Futebol Masculino. O país ficou em 23º lugar no quadro de medalhas.


FATOS

- Lisa Leslie (USA) ganhou a quarta medalha de ouro seguida no Basquete Feminino

- Kenenisa Bkele (ETH) e Tirunesh Dibaba (ETH) venceram os 5000m e os 10000m no masculino e feminino respectivamente.

- O cavaleiro Hiroshi Hokotsu (JPN) se tornou o primeiro atleta a competir 44 anos depois da sua primeira participação, em Tóquio 1964.

- O futebol teve dois bicampeões consecutivos em Pequim: os Estados Unidos conquistaram o ouro no feminino (o terceiro do país, também vencedor em Atlanta 1996) e a Argentina no masculino.

-  A esgrimista italiana Valentina Vezzali tornou-se a primeira tricampeã olímpica da modalidade em todas as armas.

- O estadunidense Michael Phelps conquistou oito medalhas de ouro, sete recordes mundiais e um olímpico na natação, tornando-se o maior campeão olímpico da era moderna.

- Usain Bolt, da Jamaica, torna-se o primeiro atleta a vencer os 100 m, os 200 m e o revezamento 4x100 metros masculino numa mesma edição dos Jogos. Ele ainda quebrou os recordes mundiais das três provas.

- A russa Yelena Isinbayeva só precisou saltar duas vezes para garantir o ouro no salto com vara (seu segundo título olímpico). Após garantir a medalha, ela foi atrás de dois recordes, mundial e olímpico: ela unificou os dois, saltando 5,05 metros.

- A equipe britânica de ciclismo - perseguição masculina reconquistou o ouro olímpico após um jejum de 100 anos.

- QUADRO DE MEDALHAS

OURO  PRATA  BRONZE
CHN 51 21 28
USA 36 38 36
RUS 23 21 29
GBR 19 13 15
GER 16 10 15
AUS 14 15 17
JPN 13 10 8
ITA 8 9 10
FRA 7 16 18
UKR 7 5 15
BRA 3 4 8

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes