Visando os Jogos do Rio, COB planeja Brasil entre os “top 3” no Pan de Toronto 2015


Começa nesta quinta-feira a contagem regressiva de um ano para os Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015, que desta vez serão ainda mais especiais para os brasileiros: é a última grande competição coletiva antes dos Jogos Olímpicos do Rio 2016.

Como responsável pelas delegações brasileiras em Jogos Sul-Americanos, Pan-Americanos e Olímpicos, o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) traça estratégias e metas. Essas competições intermediárias entre os Jogos Olímpicos também servem como avaliação de desempenho de vários esportes em geral e, mais especificamente, de atletas.

Para algumas modalidades, como o handebol, os Jogos Pan-Americanos assumem importância maior, porque são classificatórios para Mundiais, que por sua vez valem vagas para Jogos Olímpicos. Desta vez, no entanto, há uma diferença. O Brasil conta com vários esportes com vagas garantidas em 2016 por ser país-sede. Então, o Pan 2015 terá suas peculiaridades.

Nesse sentido, o superintendente executivo de Esportes do COB, Marcus Vinícius Freire, lembra que o foco principal é o Rio 2016. “Os Jogos Pan-Americanos são um passo. Realizado um ano antes dos Jogos Olímpicos, Toronto 2015 terá importância relativa para as modalidades: para algumas, mais; para outras, menos. A estratégia para esse Pan ainda será montada em conjunto com as confederações”, observa.

Quanto ao ciclo Pan-Americano – entre 2011 e 2015 –, o desempenho mostrado pelos atletas nacionais em 2013 já revelou um aceleramento na evolução do esporte brasileiro, como destaca o dirigente. “Os resultados alcançados no ano passado, quando o Brasil conquistou 27 medalhas de nível olímpico ou mundial em diversas modalidades, comprovam esse desenvolvimento, em relação aos Jogos Olímpicos Londres 2012”, lembrou Marcus Vinícius.

De toda forma, ainda segundo Marcus Vinícius, o COB negocia em Toronto a possibilidade de montar uma boa estrutura local para a delegação brasileira, como já se tornou tradição nessas grandes competições, de maneira a buscar ainda mais medalhas para o quadro geral.

“O Pan 2015 é um importante passo na preparação da delegação brasileira para os Jogos Olímpicos 2016. O COB tem meta de posição pelo total de medalhas, que é se manter entre os top 3”, observa. “O Canadá vem muito forte porque estará em casa. Com certeza virá com o time principal e travará uma briga direta com o Brasil pelo segundo lugar, com os Estados Unidos na frente, pelo histórico”, acrescenta o dirigente.


Fonte: Brasil 2016

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes